Posts Tagged ‘Forbes’

Os bilionários da Globo

10 de janeiro de 2014

Roberto_Marinho11A_Filhos

A soma das fortunas dos três filhos de Roberto Marinho poderia disputar o primeiro lugar do ranking de bilionários brasileiros.

Altamiro Borges em seu blog

Semana passada, o jornal Valor divulgou o chamado índice “Bloomberg Billionaires”, o ranking das 300 maiores fortunas do mundo. Em plena crise mundial da economia capitalista, ele confirmou que “as pessoas mais ricas do planeta ficaram ainda mais ricas em 2013 após aumentar seu patrimônio líquido coletivo em US$524 bilhões” e ainda indicou que “os ricos continuarão ficando mais ricos em 2014”, segundo declaração arrogante de um dos incluídos no ranking. A mídia nativa, porém, não deu maior destaque para os ricaços brasileiros – talvez porque na lista apareçam com destaque os três filhos de Roberto Marinho, donos das Organizações Globo, o maior império de comunicação da América do Sul.

Nesta semana, a edição brasileira do jornal espanhol El País abriu o jogo no artigo intitulado “Quem e quantos são os ricos na América Latina?”. Segundo a matéria, “na região há 111 multimilionários que superam US$1 bilhão de patrimônio. O Brasil lidera ranking de ultrarricos”. Jorge Paulo Lemann, acionista da cervejaria Ambev, da rede da fast food Burger King e da fabricante de Ketchup Heinz, é o maior ricaço brasileiro e o 34º no mundo, com uma fortuna avaliada em US$22,3 bilhões. Na sequência surgem o banqueiro Joseph Safra, no posto 92, com US$12,4 bilhões; e os empresários Marcel Telles (posto 113, com US$10,4 bilhões) e Carlos da Veiga (posto 138, com US$8,9 bilhões), ambos sócios de Lemann.

Logo em seguida, no quinto, sexto e sétimo lugares dos mais ricos do Brasil, aparecem os filhos de Roberto Marinho, numa estranha contabilidade. “João Roberto Marinho (Organizações Globo), no número 165 do ranking mundial, com US$7,7 bilhões; José Roberto Marinho (Organizações Globo), no posto 166, com os mesmos dados que seu irmão; e Roberto Irineu Marinho (Organizações Globo), no número 177, com os mesmos dados de João e José Roberto”. Será que a estranha contabilidade tem alguma relação com sonegação de impostos e desvio de grana para os paraísos fiscais, como foi denunciado recentemente pelo jornalista Miguel do Rosário, do blog O Cafezinho. De qualquer forma, somando as três fortunas, os três filhos do Marinho poderiam disputar o primeiro lugar no Brasil.

Como observa a matéria do El País, “desde a última crise de Wall Street, muitos cidadãos no mundo e, sobretudo nos EUA, protestaram contra este 1% da população global que domina a riqueza”. Fica a indagação: já que estão sendo planejados tantos protestos contra a Copa do Mundo no Brasil, inclusive com o discurso carbonário de vários “calunistas” da mídia golpista, não seria o caso de se organizar algumas manifestações contra os bilionários brasileiros, principalmente contra os donos das Organizações Globo?

O motivo seria bem mais nobre e justo!

Leia também:

Credores norte-americanos pedem falência de empresa da Rede Globo nos EUA

Rede Globo tem contratos sigilosos com Marcos Valério

Rede Globo sonega milhões de reais em impostos

Golpe de 1964: A Globo devolverá o dinheiro que ganhou com ele?

A Globo e a ditadura militar, segundo Walter Clark

Estarrecedor: Por sonegação, Receita Federal notificou a Globo 776 vezes em dois anos

Rede Globo tem os bens bloqueados pela Justiça

Ex-funcionária da Receita que sumiu com processos contra TV Globo é condenada à prisão

Leandro Fortes: O povo não é bobo

João, Irineu e José, os filhos de Roberto Marinho: Os bilionários donos do BV

Rede Globo: Quem planta terrorismo, colhe caos

Por que a Globo faz o que faz

Como a Globo manipula gente simples para defender sua visão predadora de impostos

Forbes: A famiglia Marinho tem fortuna de R$52 bilhões

Forbes publica texto ridicularizando coxinhas anti-Lula

26 de agosto de 2013

Lula_Forbes02

Miguel do Rosário, via O Cafezinho em 26/8/2013

Essa é daquelas para rir durante uns seis meses. A Forbes, revista dos ultrabacanas, dos bebedores de champanhe de US$20 mil, dos jantares de €300 mil, das amantes de US$3 milhões, publicou um artigo ridicularizando os coxinhas que ainda acreditam que Lula é um bilionário.

Reproduzo abaixo texto do Renato Rovai, publicado em seu blog:

Forbes: Lula e Lulinha não são bilionários e vice de Marina é o único político no ranking
Nesta sexta-feira, dia 23, a revista Forbes publicou um texto, assinado pelo colaborador Ricardo Geromel, que na sua apresentação “afirma que cobre bilionários e tudo relacionado ao Brasil”. Na nota, intitulada Is Lula, Brazil’s former presidente, a billionaire? (Lula, ex-presidente do Brasil, é um bilionário?), Geromel explica a metodologia da revista para elaborar seu ranking de bilionários e aborda as insinuações de que Lula e seu filho, Lulinha, seriam bilionários.

“Depois de ter explicado a nossa metodologia, gostaria de destacar que, embora existam alguns bilionários que são políticos, Lula não é um deles. Caso contrário, ele teria, obviamente, que estar presente na lista anual da Forbes. Alguns exemplos de políticos que são bilionários: Sebastian Piñera, presidente do Chile, US$2,5 bilhões; e Michael Bloomberg, prefeito de Nova York, US$27 bilhões”, escreveu Geromel.

“Depois de deixar o cargo de presidente do Brasil, Lula recebeu cerca de US$100.000,00 para um discurso de 50 minutos, da LG, em 2011. Ele também deu palestras para a Microsoft e para a Tetra Pak, e foi pago pelas maiores empresas de construção do Brasil, como a Odebrecht, para viajar por seis nações da África e dar palestras para os executivos locais. No entanto, não há evidência que sugere que Lula esteja perto de se tornar um bilionário”, esclarece o colaborador da Forbes. A assessoria o ex-presidente tem informado que parte desses recursos teriam sido destinados ao Instituto Lula e não a ele pessoa física.

Apesar das insinuações que circulam em redes sociais de que Lulinha, filho de Lula, teria comprado um jato de US$50 milhões e que seria um dos donos do Grupo JBS-Friboi, o texto publicado pela Forbes afirma que nenhum dos rumores sobre a riqueza da família do ex-presidente são baseados em fatos reais.

Boatos que circulam nas redes sociais afirmam que Lulinha comprou um jato de US$50 milhões. Compra para bilionário não? Coisa que a Forbes afirma que o filho do ex-presidente não é.

“O filho de Lula, Fábio Luís Lula da Silva, apelidado de Lulinha, não se tornou um bilionário também. Recentemente, Lula negou publicamente os rumores de que Lulinha é dono de um jato de US$50 milhões e que é um dos donos do JBS, o maior produtor mundial de carne bovina, por venda, com capital de mercado em US$10 bilhões. Antes que seu pai fosse eleito presidente do Brasil, Lulinha trabalhou como estagiário em um zoológico. Em 2004, um ano após a primeira eleição de Lula, Lulinha lançou a Gamecorp, empresa que produziu conteúdo para tevê e internet. Em 2005, a Gamecorp recebeu mais de US$2,3 milhões da Telemar, hoje conhecida como Oi. Mesmo que o próprio Lula tenha afirmado que seu filho era o “Ronaldinho do mundo dos negócios”, a Gamecorp não foi muito bem e suas perdas já somaram mais de US$4 milhões. Tem havido uma série de rumores sobre a riqueza da família de Lula, mas nada baseado em fatos reais”, diz o texto.

Geromel ainda enfatiza que o único brasileiro presente na lista de bilionários da Forbes que lida com política “em tempo integral” é Guilherme Leal, que fez fortuna com a Natura, famosa empresa do setor de cosméticos. Leal foi candidato pelo PV à vice-presidência da República em 2010. Entretanto, antes de oficializar sua candidatura se desligou da Natura.

Por fim, o colaborador da Forbes comenta sobre a ajuda que o governo brasileiro tem dado a bilionários por intermédio do BNDES, como o empresário Eike Batista, e afirma que dicas sobre novos bilionários, políticos ou não, são sempre bem-vindas.

Só para constar, Forbes é uma revista liberal dos EUA.

 Lula_Forbes_Farsa

Leia também:
Ah, se fosse Lula: Obama faz jantar para 70 empresários que fazem lobby pelo fim do bloqueio a Cuba
Paulo Moreira Leite: Conselho Nacional do Ministério Público deve colocar ordem na casa
Paulo Moreira Leite: Para perseguir Lula, basta uma simples dúvida
Dalmo Dallari: “Não vai haver golpe nem impeachment.”
Procurador anti-Lula será investigado pelo Conselho Nacional do Ministério Público
Em alto nível, Lula faz a lista do “compare e comprove” com a gestão FHC
Stanley Burburinho sabe quem pôs a tarja preta em Serra
Polícia do ministro Cardozo esconde o nome de Serra no celular de Marcelo Odebrecht
A guerra da Veja contra o retorno de Lula
Jornal O Globo omite informações para atacar Lula
Hipocrisia da mídia: Dono da Globo também estava em jantar de Lula com Odebrecht
Franklin Martins: “Se Lula não tivesse sido eleito em 2002, o Brasil tinha explodido.”
Dilma chamou golpistas pra briga. Vão encarar?
Um grupo de criminosos, chefiado por um advogado, pede a morte de Lula no Facebook
A cobra vai fumar: Lula entra com queixa-crime contra o Ronaldo Caiado
Crise grega: Sardenberg merece ganhar o prêmio IgNobel de Economia
Lula: Quem quebrou o país foram os governos tucanos
Vídeo: Não somos nazistas!
#OsAntiPira: Relação completa de prêmios recebidos por Lula após deixar a Presidência
Lula defende a Petrobras e convoca petroleiros a preservar maior empresa do Brasil
Ecce homo ou esse é o cara
Habeas corpus: Ombudsman da Folha esculacha a Folha
Instituto Lula à Época: É a última vez que perderemos tempo. Agora terá o mesmo tratamento de Veja
Diretor de Veja revela “acordo” com Valério e farsa contra Lula
Descobriram a pólvora: Lula não está entre os bilionários da Forbes
Em sua capa, Veja desenha golpe contra Lula e Dilma
Quem vai dar o golpe no Brasil?
Novas denúncias ferem a credibilidade da Ação Penal 470 e da mídia conservadora
Veja confessa: Não há entrevista
Advogado de Valério nega entrevista de seu cliente à Veja
Instituto Lula: “Se Lula quisesse falar com a Folha de S.Paulo, falaria com a Folha de S.Paulo.”
Na ânsia de atingir Lula, Folha esqueceu de ler o hilário habeas corpus que ataca Moro
Luciano Martins Costa: A “barriga” intencional da Folha
Hildegard Angel: Lula, o que você faria se só lhe restasse um dia?
Histeria contra Lula expõe baixarias de Caiado
Janio de Freitas: O que Lula mostrou? Que ele está se movendo e chamando para mudar
Instituto Lula: “A Folha passou agora de qualquer limite.”
Habeas corpus: Folha espalha notícia falsa e depois, singelamente, diz “erramos”
Autor de habeas corpus em favor de Lula tem mais de 140 ações no STF
Para Dalmo Dallari, direita “intolerante, vingativa e feroz” quer atingir Lula
Prender Lula? Terão esta coragem?
Em nota, senadores do PT denunciam “sórdida campanha” contra Lula
É hora de reagir em defesa de Lula
A criminalização da diplomacia comercial brasileira
Quem quer prender Lula?
Odebrecht descarta delação e faz manifesto
Agora é Lula quem está na mira de Sérgio Moro
A ficha suja dos defensores do impeachment de Dilma
O tamanho do ódio por Lula, Dilma e PT
Não sobrou pedra sobre pedra: A resposta de Lula à Época
Diego Escosteguy é o Kim Kataguiri do jornalismo
Espumando, FHC adverte os golpistas divididos: “O alvo é Lula”.
O terceirizado que jogou o Ministério Público no show bizz
MPF arrasa revista Época: Não há provas contra Lula
Denúncia da revista Época contra Lula mancha Ministério Público Federal
A prova da mentira de Época contra Lula
Lula deu uma surra no panelaço
Mujica, O Globo e o “chupa petralhas!”
Tremei, paneleiros. Lula está de volta às ruas!
Revista Época questiona Lula por contrato do governo de FHC
“Confissão” de Lula a Mujica é mais um crime de imprensa
Depois de Dilma, Lula novamente
Época não consegue inovar e repete a farsa
Mujica deveria aceitar o convite sem-noção de Caiado para falar no Brasil
Carta aberta a Mujica: “Perdão pela mídia canalha brasileira, dom Pepe.”
Réquiem para o jornalismo
Lula é odiado porque deveria ter dado errado
Corra, Lula, corra
Como funciona a fábrica de infâmias contra Lula na internet
Lula ironiza pastores evangélicos em palestra: “Jogam a culpa em cima do diabo.”
Vai pro pau: Lula topa a polêmica que FHC pediu na tevê
Chico Buarque: “O alvo não é a Dilma, mas o Lula.”
Na Itália, Lula fala sobre importância do combate à fome
Histórico plano de investimento prevê R$198,4 bilhões para promover crescimento no Brasil
Mentiras e omissões sobre o pacote de concessões
Sorry, coxinhas! Lula é aplaudido na ONU
Lula recebe homenagem da Prefeitura de Roma
Paulo Moreira Leite: Apesar do massacre, memória de Lula persiste
Doações: com Lula é “imoral”, com FHC é “cultural”. A hipocrisia da mídia e o sapato do Brizola
Líder do Retardados Online quer “pegar Lula” na Bahia
Lula se antecipa a nova armação da Veja
Lula: “O PT continuará vivo enquanto os trabalhadores sonharem com uma vida melhor.”
Por que o MCCE parou de fazer ranking da corrupção por partido?
1994-2014: A inflação dos períodos FHC e Lula/Dilma
Lula mostrou o Darf. Quem falta mostrar?
Manchetômetro: Noticiário das Organizações Globo massacra Dilma
Gilmar Mendes suspende decreto de Lula que dava posse de terras aos índios Guarani-Kaiowá
IDH: Comparação entre os governos do PT e PSDB
Salário mínimo: As diferenças entre os governos FHC e Lula/Dilma
Era Lula cria mais empregos que FHC, Itamar, Collor e Sarney juntos
Desigualdade caiu 1,89 com FHC e 9,22 com Lula
Inflação anual de Dilma é próxima à do Lula e inferior à de FHC
● Forbes: A famiglia Marinho tem fortuna de R$52 bilhões

Descobriram a pólvora: Lula não está entre os bilionários da Forbes

24 de agosto de 2013

 Lula_Forbes_Farsa

Lilian Venturini em 24/8/2013

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não está entre os bilionários da lista dos mais ricos do mundo elaborada pela revista Forbes. Um artigo publicado no site da revista na sexta-feira, dia 23, ajuda a esclarecer informações que circulam pela internet desde 2012 que atribuem ao petista uma fortuna de US$2 bilhões.

Uma suposta edição traz Lula na capa da revista. A imagem foi republicada em diversos blogs desde maio do ano passado. “Um leitor querido me perguntou se a Forbes investigou a fortuna de Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil. Eu gostaria de aproveitar esta oportunidade para explicar a metodologia Forbes ‘‘para compilar fortunas”, começa o artigo, assinado por Ricardo Geromel. Em março, a revista publicou a nova relação dos mais ricos, que não traz o petista entre os listados.

O autor explica quais os bens são considerados, como é verificado o patrimônio declarado pela personalidade e enfatiza que Lula não está entre os bilionários já identificados pela publicação. “Eu gostaria de destacar que, embora existam alguns bilionários que são os políticos, Lula não é um deles”, afirma. Ele cita como exemplos de políticos o presidente do Chile, Sebastian Piñera (US$2,5 bilhões), e o prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg (US$27 bilhões).

No texto, o autor lembra as palestras feitas por Lula após deixar a Presidência. Por uma delas, o ex-presidente teria recebido US$100 mil por uma exposição de 50 minutos. Mesmo assim, conclui o jornalista, “não há evidência que sugira que Lula esteja perto de se tornar um bilionário”.

O ex-presidente já figurou em rankings feitos pela Forbes em anos anteriores, mas na categoria das “pessoas mais poderosas do mundo”, que não leva a renda em consideração, mas critérios como influência e atividade exercida. O texto também desmente os rumores de que o filho de Lula, Fábio Luís Lula da Silva, Lulinha, tenha se tornado um bilionário.

Segundo o autor, dos 46 brasileiros listados pela revista no último ranking, a personalidade “mais ativa” na área política é o empresário Guilherme Leal (US$1,8 bilhão), que em 2010 disputou as eleições presidenciais como candidato a vice da ex-senadora Marina Silva. Além dele, apareceram na lista de março deste ano figuras como o apresentador de TV Sílvio Santos, o empresário Antonio Ermírio de Moraes e o bispo Edir Macedo.

Leia também:
Ah, se fosse Lula: Obama faz jantar para 70 empresários que fazem lobby pelo fim do bloqueio a Cuba
Paulo Moreira Leite: Conselho Nacional do Ministério Público deve colocar ordem na casa
Paulo Moreira Leite: Para perseguir Lula, basta uma simples dúvida
Dalmo Dallari: “Não vai haver golpe nem impeachment.”
Procurador anti-Lula será investigado pelo Conselho Nacional do Ministério Público
Em alto nível, Lula faz a lista do “compare e comprove” com a gestão FHC
Stanley Burburinho sabe quem pôs a tarja preta em Serra
Polícia do ministro Cardozo esconde o nome de Serra no celular de Marcelo Odebrecht
A guerra da Veja contra o retorno de Lula
Jornal O Globo omite informações para atacar Lula
Hipocrisia da mídia: Dono da Globo também estava em jantar de Lula com Odebrecht
Franklin Martins: “Se Lula não tivesse sido eleito em 2002, o Brasil tinha explodido.”
Dilma chamou golpistas pra briga. Vão encarar?
Um grupo de criminosos, chefiado por um advogado, pede a morte de Lula no Facebook
A cobra vai fumar: Lula entra com queixa-crime contra o Ronaldo Caiado
Crise grega: Sardenberg merece ganhar o prêmio IgNobel de Economia
Lula: Quem quebrou o país foram os governos tucanos
Vídeo: Não somos nazistas!
#OsAntiPira: Relação completa de prêmios recebidos por Lula após deixar a Presidência
Lula defende a Petrobras e convoca petroleiros a preservar maior empresa do Brasil
Ecce homo ou esse é o cara
Habeas corpus: Ombudsman da Folha esculacha a Folha
Instituto Lula à Época: É a última vez que perderemos tempo. Agora terá o mesmo tratamento de Veja
Diretor de Veja revela “acordo” com Valério e farsa contra Lula
Forbes publica texto ridicularizando coxinhas anti-Lula
Em sua capa, Veja desenha golpe contra Lula e Dilma
Quem vai dar o golpe no Brasil?
Novas denúncias ferem a credibilidade da Ação Penal 470 e da mídia conservadora
Veja confessa: Não há entrevista
Advogado de Valério nega entrevista de seu cliente à Veja
Instituto Lula: “Se Lula quisesse falar com a Folha de S.Paulo, falaria com a Folha de S.Paulo.”
Na ânsia de atingir Lula, Folha esqueceu de ler o hilário habeas corpus que ataca Moro
Luciano Martins Costa: A “barriga” intencional da Folha
Hildegard Angel: Lula, o que você faria se só lhe restasse um dia?
Histeria contra Lula expõe baixarias de Caiado
Janio de Freitas: O que Lula mostrou? Que ele está se movendo e chamando para mudar
Instituto Lula: “A Folha passou agora de qualquer limite.”
Habeas corpus: Folha espalha notícia falsa e depois, singelamente, diz “erramos”
Autor de habeas corpus em favor de Lula tem mais de 140 ações no STF
Para Dalmo Dallari, direita “intolerante, vingativa e feroz” quer atingir Lula
Prender Lula? Terão esta coragem?
Em nota, senadores do PT denunciam “sórdida campanha” contra Lula
É hora de reagir em defesa de Lula
A criminalização da diplomacia comercial brasileira
Quem quer prender Lula?
Odebrecht descarta delação e faz manifesto
Agora é Lula quem está na mira de Sérgio Moro
A ficha suja dos defensores do impeachment de Dilma
O tamanho do ódio por Lula, Dilma e PT
Não sobrou pedra sobre pedra: A resposta de Lula à Época
Diego Escosteguy é o Kim Kataguiri do jornalismo
Espumando, FHC adverte os golpistas divididos: “O alvo é Lula”.
O terceirizado que jogou o Ministério Público no show bizz
MPF arrasa revista Época: Não há provas contra Lula
Denúncia da revista Época contra Lula mancha Ministério Público Federal
A prova da mentira de Época contra Lula
Lula deu uma surra no panelaço
Mujica, O Globo e o “chupa petralhas!”
Tremei, paneleiros. Lula está de volta às ruas!
Revista Época questiona Lula por contrato do governo de FHC
“Confissão” de Lula a Mujica é mais um crime de imprensa
Depois de Dilma, Lula novamente
Época não consegue inovar e repete a farsa
Mujica deveria aceitar o convite sem-noção de Caiado para falar no Brasil
Carta aberta a Mujica: “Perdão pela mídia canalha brasileira, dom Pepe.”
Réquiem para o jornalismo
Lula é odiado porque deveria ter dado errado
Corra, Lula, corra
Como funciona a fábrica de infâmias contra Lula na internet
Lula ironiza pastores evangélicos em palestra: “Jogam a culpa em cima do diabo.”
Vai pro pau: Lula topa a polêmica que FHC pediu na tevê
Chico Buarque: “O alvo não é a Dilma, mas o Lula.”
Na Itália, Lula fala sobre importância do combate à fome
Histórico plano de investimento prevê R$198,4 bilhões para promover crescimento no Brasil
Mentiras e omissões sobre o pacote de concessões
Sorry, coxinhas! Lula é aplaudido na ONU
Lula recebe homenagem da Prefeitura de Roma
Paulo Moreira Leite: Apesar do massacre, memória de Lula persiste
Doações: com Lula é “imoral”, com FHC é “cultural”. A hipocrisia da mídia e o sapato do Brizola
Líder do Retardados Online quer “pegar Lula” na Bahia
Lula se antecipa a nova armação da Veja
Lula: “O PT continuará vivo enquanto os trabalhadores sonharem com uma vida melhor.”
Por que o MCCE parou de fazer ranking da corrupção por partido?
1994-2014: A inflação dos períodos FHC e Lula/Dilma
Lula mostrou o Darf. Quem falta mostrar?
Manchetômetro: Noticiário das Organizações Globo massacra Dilma
Gilmar Mendes suspende decreto de Lula que dava posse de terras aos índios Guarani-Kaiowá
IDH: Comparação entre os governos do PT e PSDB
Salário mínimo: As diferenças entre os governos FHC e Lula/Dilma
Era Lula cria mais empregos que FHC, Itamar, Collor e Sarney juntos
Desigualdade caiu 1,89 com FHC e 9,22 com Lula
Inflação anual de Dilma é próxima à do Lula e inferior à de FHC

Forbes: A famiglia Marinho tem fortuna de R$52 bilhões

20 de agosto de 2013
Roberto_Marinho11_Filhos

Roberto Irineu, João Roberto e José Roberto têm, juntos, uma fortuna de R$51,64 bilhões.

Miguel do Rosário, via Tijolaço

A revista Forbes, que produz anualmente listas dos homens mais ricos de cada país e do mundo, adiantou há pouco o último ranking que fez para o Brasil.

Interessante observar que entre os sete homens mais ricos do Brasil, aparecem os três herdeiros das Organizações Globo.

Roberto Irineu, João Roberto e José Roberto têm, juntos, uma fortuna de R$51,64 bilhões. São a família mais rica do Brasil.

Com essa fortuna somada, os três possivelmente são a família mais rica do mundo no ramo da mídia. Para se ter uma ideia, a mesma Forbes estima que a família de Berlusconi, o todo-poderoso magnata da mídia italiana, tem uma fortuna de US$6,2 bilhões, o que daria algo entre R$13 e 15 bilhões, a depender da cotação.

Rupert Murdoch, proprietário da Fox, tem uma fortuna avaliada em US$11,2 bilhões, algo em torno de R$23 bilhões.

E pensar que a família Marinho se consolidou financeiramente durante a ditadura militar, e hoje recebe mais da metade das verbas publicitárias públicas e privadas no país. E com apoio da Secom!

Abaixo a lista da Forbes.

Jorge Paulo Lemann – Fortuna: R$38,24 bilhões

Joseph Safra – Fortuna: R$33,90 bilhões

Antônio Ermírio de Moraes e família – Fortuna: R$25,68 bilhões

Marcel Herrmann Telles – Fortuna: R$19,50 bilhões

Roberto Irineu Marinho – Fortuna: R$17,28 bilhões

João Roberto Marinho – Fortuna: R$17,26 bilhões

José Roberto Marinho – Fortuna: R$17,10 bilhões

Carlos Alberto Sicupira – Fortuna: R$16,78 bilhões

Norberto Odebrecht e família – Fortuna: R$10,10 bilhões

10º Francisco Ivens de Sá Dias Branco – Fortuna: R$9,62 bilhões

11º Walter Faria – Fortuna: R$9,08 bilhões

12º Aloysio de Andrade Faria – Fortuna: R$8,25 bilhões

13º Abílio dos Santos Diniz – Fortuna: R$7,95 bilhões

14º Giancarlo Civita e família – Fortuna: R$7,68 bilhões

15º Renata de Camargo Nascimento, Regina de Camargo Oliveira Pires e Rosana Camargo de Arruda Botelho – Fortuna: R$7,46 bilhões (cada uma).

Até a revista “Forbes” sabe que “Veja” se envolveu em corrupção no caso Cachoeira

29 de maio de 2013

Civita09_Forbes

Via Comunique-se

Em matéria sobre a morte do “bilionário e barão da mídia” Roberto Civita publicada na segunda-feira, dia 27, o site da revista Forbes relacionou a Veja, fundada pelo executivo da Editora Abril, com o caso Carlinhos Cachoeira. A versão on-line da publicação norte-americana informa que um dos editores do semanário brasileiro foi um dos primeiros intimados a depor durante a investigação que envolvia lavagem de dinheiro e jogos de azar em Goiás.

“Mais recentemente, Veja se envolveu em corrupção e num esquema de lavagem de dinheiro, que resultou na prisão em fevereiro de 2012 de Carlos Augusto Ramos, mais conhecido como Carlinhos Cachoeira”, publicou o site da Forbes.

Clique aqui para ler o original do texto.


%d blogueiros gostam disto: