Grande dia!: PIB desaba, Dallagnol se esborracha e TRF1 absolve Lula de acusação da Lava-Jato

Carlos Henrique Machado Freitas, via Antropofagista em 1º/9/2020

Em fevereiro Paulo Guedes anunciou um PIB positivo de 1%, isso no pior cenário da pandemia. Mas o que se contava como certo era um PIB positivo de 1,8.

Hoje, o deixa que eu chuto neoliberal, diante de uma pica do tamanho de um cometa, como diria Queiroz, com a queda do PIB de 10%, virou poeta de fim de noite num copo sujo, fazendo declaração de amor ao dono do estabelecimento que aturou o mala bêbado até as 6 horas da manhã. Mas tem terraplanista antivacina que ainda compra as paspalhices econômicas desse sujeito.

Já Dallagnol, foge pela porta dos fundos da Lava-Jato, Lava-Jato que hoje só existe na cabeça dos românticos da Globo.

Desmoralizado pelo próprio Lula, que foi alvo da fraude do power point, a prescrição do processo depois de 42 adiamentos de Dallagnol, arrastou o próprio MP para um vexame histórico e sua permanência na Lava-Jato, que nem existe mais, ficou insustentável.

Mas até o teatrinho curitibano não quis mais o queima-filme como logomarca da maior organização criminosa instalada dentro do sistema de justiça no Brasil. Nem o mais otimista anti Dallagnol imaginou assistir a uma decomposição pública dessa monta.

Para piorar a já detonada Lava-Jato e o próprio Dallagnol, o TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) absolveu Lula por unanimidade jogando no lixo a acusação podre da Força-tarefa contra ele sobre as palestras que a Lava-Jato acusou Lula de ter inventado para receber propina da Odebrecht.

Grande dia!

***

A ESPETACULAR VITÓRIA DE LULA SOBRE DALLAGNOL
Carlos Henrique Machado Freitas, via Antopofagista em 1º/9/2020

Uma das passagens mais ardis de Dallagnol em sua perseguição a Lula foi, através de seu Twitter, além de promover um abaixo-assinado a favor da prisão após condenação em segunda instância, dizer que no dia do julgamento do habeas corpus de Lula pelo Supremo Tribunal Federal faria jejum e oraria para que o ex-presidente fosse preso.

O pior é que Bretas, juiz da Lava-Jato no Rio, que acabou de liberar o doleiro Dario Messer do uso de tornozeleira eletrônica, dizer, em resposta a Dallagnol, no Twitter, que o acompanharia na oração.

Isso dá a dimensão da hipocrisia religiosa e jurídica que estava por trás da Lava-Jato. Dallagnol, o garoto propaganda da operação, defendeu suas ideias calcadas no punitivismo deixando absolutamente clara sua campanha de ódio contra Lula e o PT, fato que foi confirmado pelo vazamento que o Intercept publicou de forma mais explícita na relação dele com os filhos de Januário.

Januário é o mesmo procurador que recebeu bola mensal de Dario Messer que, como aqui já foi citado, está livre, leve e solto por uma combinação arquitetada por Moro entre a juíza Gabriela Hardt e Marcelo Bretas.

Isso mostra que tudo na Lava jato é uma grande armação que se encaixa perfeitamente no histórico de uma trama pré-moldada com personagens marcados como atores que marcam seus lugares no palco. No entanto, isso não foi suficiente para derrubar Lula, ao contrário, está sendo o bastante para Lula derrubar Dallagnol, pois foi num processo movido por Lula contra a farsa do power point armada por Dallagnol que Lula conseguiu dar o tiro de misericórdia no hipócrita, não deixando outra alternativa para o herói vigarista, senão pedir as contas, pular fora da Lava-Jato e ganhar o mundo.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: