Quem investiu R$89 mil em 2016 pode ter R$1 milhão atualmente

Via Monitor do Mercado em 24/8/2020

O presidente Jair Bolsonaro se recusa a responder sobre os depósitos supostamente feitos na conta de sua mulher, Michelle, entre 2011 e 2016, pelo então assessor Fabrício Queiroz.

No domingo [24/8], o político ameaçou agredir um jornalista ao ser questionado sobre a movimentação, que somaria R$89 mil.

De acordo com a revista Crusoé, que teve acesso à movimentação financeira do ex-assessor parlamentar acusado de liderar o esquema de “rachadinha” do gabinete do senador Flávio Bolsonaro, o valor teria sido depositado na conta da hoje primeira-dama até o fim de 2016.

O Monitor do Mercado levantou o quanto esse valor renderia se aplicado ao fim de 2016 em diferentes tipos de investimento.

Caso a quantia fosse toda convertida em dólares, hoje, somaria pouco mais de R$150 mil. Bem como caso fosse aplicada em uma carteira que simulasse o Ibovespa, o principal indicador de desempenho das ações negociadas na Bolsa.

Se usados para comprar uma única ação, os R$89 mil poderiam ser hoje R$57 mil, caso a opção fosse por ações da Oi (OIBR3) ou R$413 mil, se as ações fossem da Via Varejo (VVAR3).

Já no caso dos bitcoins, o resultado seria uma impressionante conta com mais de R$1 milhão, já que a criptomoeda subiu 1.187% nos últimos quatro anos.

Se ficasse apenas na poupança, no entanto, hoje os R$89 mil seriam cerca de R$105 mil.

Investir em um só ativo, no entanto, não é recomendado pelos especialistas. É preciso alinhar seus investimentos com seu perfil de investidor, para não estar exposto a riscos desnecessários ou alocar seu dinheiro em produtos sem a liquidez necessária para seus objetivos, alerta Gustavo Bertotti, economista-chefe da Messem Investimentos.

“O cenário atual exige uma diversificação de ativos em âmbito local e internacional, pois, assim, minimiza-se a exposição a apenas um investimento e sua particularidade de performance no médio prazo”, explica Alexandre Pierantoni, diretor executivo da Duff&Phelps no Brasil.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: