Fake news: Bolsonaristas driblam bloqueio e seguem atacando STF nas redes sociais

Jeferson e Sara burlaram medida do Twitter.

Ao modificarem as configurações de suas contas, apoiadores de Jair Bolsonaro já estavam tuitando contra Alexandre de Moraes na sexta [24/7].

Via Painel da Folha em 24/7/2020

Yes, we can O bloqueio de perfis bolsonaristas nas redes sociais por determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news é restrito ao território nacional. Ao serem acessadas do Brasil, as contas no Twitter exibem aviso que informa que a conta foi retida em resposta a uma determinação legal. No entanto, ao modificarem as configurações de suas contas, os apoiadores de Jair Bolsonaro já estavam tuitando na sexta [24/7] e atacando o próprio ministro.

Repeteco A ativista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, líder de um grupo armado de extrema-direita, chamou Moraes de “cabeça de piroca” e “ditador de merda” em sua conta bloqueada para o Brasil. Ela foi presa em junho em operação do inquérito dos atos antidemocráticos, também sob relatoria do ministro. Na ocasião, disse que infernizaria a vida dele.

Manual Outro que foi alvo do bloqueio, o jornalista Bernardo Küster divulgou um passo a passo de como alterar as configurações da conta para fora do país e continuar utilizando. Perfis com localização fora do Brasil conseguem visualizar essas contas ocultadas pela decisão de Moraes.

Resposta Por meio de nota, o Twitter afirmou que, quando recebe “uma solicitação válida e adequadamente definida de uma entidade autorizada, pode precisar reter o acesso a determinados conteúdos em um país específico”.

Além da conta Na Procuradoria Geral da República, a decisão do ministro foi considerada exagerada. Moraes subiu o tom com as redes sociais e impôs multa de R$20 mil para o não cumprimento. A ordem é de maio, mas foi reiterada na quarta [22/7].

TIROTEIO
Façam como quiserem, de acordo com suas consciências, assim como segui a minha ao votar”.
Da deputada Bia Kicis (PSL/DF) sobre a ameaça do partido de expulsá-la após ela votar contra o novo Fundeb.

REDES SOCIAIS

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: