“Protesto Futebol Clube”: Documentário mostra como torcidas organizadas lideraram manifestações contra Bolsonaro

Via UOL em 18/7/2020

Desde o fim do mês de maio, membros de torcidas articularam manifestações que se espalharam pelo país. Ocuparam as ruas em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Brasília, e em outros diversos estados brasileiros. Na pauta, questionavam a política do governo para a pandemia do coronavírus e levantaram a bandeira antirracista e a favor da democracia.

O documentário “Protesto Futebol Clube” acompanhou esses manifestantes ao longo de quatro semanas para entender o fenômeno político, a relação histórica das organizadas com a luta pela democracia e as tensões entre torcedores de times diferentes dentro do movimento.

REDES SOCIAIS

View this post on Instagram

NÃO FAREMOS CHAMAMENTO De ontem pra hoje recebemos um grande número de pedidos para uma convocação em massa da torcida são-paulina para os próximos atos antibolsonaristas e alguns questionamentos sobre o porquê de não termos convocado para o ato de ontem se íamos colar. Alguns esclarecimentos:⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ★ Não somos nem queremos ser diretoria da nossa entidade, não temos o poder de mobilização que alguns nos atribuem. Quem convoca tem que controlar, e nós não temos braço pra isso.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ★ Ainda assim, somos torcida, e apesar de no mundo cor de rosa da internet tudo ser lindo, a verdade é que uma torcida rival praticamente encabeçou o ato de ontem em resposta à provocação de um inimigo. A causa é política, mas não vamos ser hipócritas de caminhar de mãos dadas com quem abriria nossas cabeças com uma barra de ferro na primeira oportunidade. Não pedimos benção pra ninguém pra colar e não tínhamos como garantir a segurança de todos que colassem conosco. Atravessamos território hostil.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ★ Por último e mais importante, já que aparentemente todo mundo já se esqueceu: estamos em meio A UMA PANDEMIA MORTAL, onde qualquer quebra do isolamento (para aqueles que estão conseguindo fazê-lo) pode resultar em uma mãe chorando a perda de um filho ou vice-versa. Muitos lugares de SP estão com 90% ou mais de seus leitos de UTI ocupados e nós estamos falando em "festa na Paulista com todas as torcidas unidas". Isso é loucura. Não somos irresponsáveis: estamos nas ruas porque fomos forçados, não porque queremos. Estamos indo aos atos pra caçar bolsonaristas, não pra exibir nossa bandeira ou disputar qual time é o mais antifascista. Se você é são-paulino comum, sentiu falta de sermos citados na Globo News e quer ir ao ato só pra exibir nossa camisa e provar que o São Paulo FC está na luta, temos um conselho pra você: fique em casa e proteja sua família. Esses atos não tem nada a ver com time A ou time B, tem a ver com varrer um movimento neonazista das ruas. Se você não está indo pra confrontar o outro lado, é prudente evitar aglomerações. [Continuação nos comentários]

A post shared by Bonde do Che (@bonde.do.che) on

 

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: