Após denúncias, Itamaraty tira do ar apostila racista com citações contra Lula, MST e aborto

ITAMARATY DE BOLSONARO CORROMPE ATÉ MATERIAL DIDÁTICO
Apostilas de Bolsonaro e Araújo têm conteúdo claramente racista e sexista, fazem acusações ofensivas a adversários do atual governo, como o ex-presidente Lula, a movimentos sociais, como o MST, e a nações soberanas, como a Argentina, numa evidente corrupção do conteúdo didático.
Via Portal do Partido dos Trabalhadores em 15/7/2020

O Partido dos Trabalhadores denuncia a inaceitável manipulação política e ideológica do Ministério das Relações Exteriores pelo governo Jair Bolsonaro, desta vez por meio da difusão de ofensas, preconceitos e acusações falsas em material didático oficial produzido e distribuído com recursos públicos a embaixadas do Brasil no exterior.

A Agência Pública divulgou na quarta-feira [15/7] exemplos repugnantes desta manipulação, em apostilas de ensino de Língua Portuguesa para estrangeiros no site da Rede Brasil Cultural, mantida pelo Itamaraty para difundir nosso idioma e cultura e que foi aparelhada para divulgar as mentiras de Bolsonaro e seu cúmplice Ernesto Araújo.

As apostilas de Bolsonaro e Araújo têm conteúdo claramente racista e sexista, fazem acusações ofensivas a adversários do atual governo, como o ex-presidente Lula, a movimentos sociais, como o MST, e a nações soberanas, como a Argentina, numa evidente corrupção do conteúdo didático.

Imediatamente após a denúncia as páginas tornaram-se indisponíveis na Internet, contrariando o dever de publicidade e a transparência obrigatórias ao poder público, numa clara tentativa de ocultar as responsabilidades do comando do Itamaraty por mais este crime contra o Brasil e a imagem do país no exterior.

Este é mais um dano ao país decorrente da cruzada obscurantista de um governo de extrema-direita, que está destruindo uma das mais importantes instituições nacionais. O Itamaraty de Bolsonaro e Araújo tornou-se um ninho de bajuladores do presidente dos Estados Unidos que envergonham nossa tradição diplomática.

Os efeitos dessa política externa servil e miseravelmente ideologizada, aliada ao desprezo de Bolsonaro pela preservação da Amazônia, do meio ambiente e dos povos indígenas, já se faz sentir na fragilização das relações comerciais e políticas com outros países, em prejuízo da nossa economia e principalmente do povo brasileiro.

O PT levará mais esta denúncia à sociedade brasileira, às Comissões de Relações Exteriores do Senado e da Câmara, à comunidade internacional nos diversos fóruns de que participamos e tomará as medidas judiciais que couberem contra os responsáveis.

O Brasil não pode mais conviver com este governo de destruição.

Fora Bolsonaro!
Impeachment Já e novas eleições para presidente da República.

Comissão Executiva Nacional
Partido dos Trabalhadores
15 de julho de 2020

***

ITAMARATY TIRA DO AR APOSTILA COM CITAÇÕES A LULA, MST E ABORTO
Material tinha frases preconceituosas. Associava beleza a alisar o cabelo. Lula era mencionado como “corrupto”.
Joana Diniz, via Poder 360 em 15/7/2020

O Itamaraty tirou do ar material didático sobre português do Brasil para estrangeiros que trazia diversas frases com juízo de valor de caráter político, racial e social. Nas apostilas, frases usadas como exemplos de regras gramaticais fazem menções negativas a Lula, ao escândalo do Mensalão, ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e à pratica do aborto.

O conteúdo foi elaborado por Airamaia Chapina, uma professora dona de uma escola de idiomas em São Paulo.

O material publica as seguintes frases:

  • Racismo – em um exercício para ensinar a conjugação do verbo “ficar”, o texto pede que o leitor complete a sentença “Se ela alisasse o cabelo, ela (…) mais bonita”;
  • Movimento Sem Terra – em exercício da conjugação das palavras “apropriar” e “conseguir”, é apresentada a frase “Se o MST se (…) de nossas terras, nunca mais (…) reavê-las.”;
  • Aborto – o material pede que se conjugue o verbo “haver” na seguinte frase: “Se as mulheres não abortassem, não (…) tantas clínicas de aborto clandestinas”;
  • Lula – o ex-presidente é citado em frase usada como modelo para o exercício: “Se eu soubesse que o Lula seria tão corrupto e se envolveria com o mensalão, eu não teria votado nele”.

O material, que faz parte da série de livros “Só Verbos”, estava disponível na página da Redes Brasil Cultural desde 2013. A página faz parte da Divisão de Promoção da Língua Portuguesa do Ministério das Relações Exteriores, que promove o idioma e a cultura brasileira em 44 países, em 5 continentes.

O Itamaraty retirou o material do ar depois de ser procurado pelo jornal O Globo. O órgão disse que o material “não se coaduna com as diretrizes estabelecidas pelos guias curriculares” e que ele foi “prontamente retirado da página eletrônica da Rede Brasil Cultural”. Também foi informado pela pasta que a apostila foi incluída no sistema por “terceiros”. Segundo o Itamaraty, “será desenvolvido material didático próprio e colaborativo da rede” e a previsão para que fique pronto é o 1º semestre de 2021.

Airamaia Chapina, que assina o material, disse ao jornal que ele é da década passada e que não foi contratada para fazer as apostilas e nem para sua divulgação. Ela explicou que o produziu para praticar conjugação de verbos com os seus alunos. Sobre os exemplos, Airamaia disse o do cabelo é por ter cabelo ondulado e se achar mais bonita “de cabelo liso”; já sobre a menção a Lula, disse que foi exemplo qualquer, que “provavelmente deveria ser algo que estava em voga”.

A professora também afirmou que o livro é somente para treinar verbos e que não sabe se os responsáveis pela Rede Brasil Cultural leram o material e que acha que os conteúdos foram coletados de várias fontes “só para ajudar a disponibilizar material gratuito mesmo”. Airamaia também disse que os livros são somente para treinar verbos, que não ensina ideologia e que é “bem neutra”.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: