A justiça não é para todos: Julgamento de Dallagnol por PowerPoint contra Lula é adiado novamente

14 de setembro de 2016: O procurador da República Deltan Dallagnol durante entrevista coletiva da força-tarefa da Operação Lava-Jato, do Ministério Público Federal. Foto: Paulo Lisboa.

Em representação, ex-presidente acusa o procurador e outros membros da Lava-Jato de abuso de poder.

Via Painel da Folha em 3/7/2020

A representação em que o ex-presidente Lula acusa o procurador Deltan Dallagnol e outros colegas dele da força-tarefa de Curitiba de abuso de poder ao darem a entrevista do PowerPoint, em 2016, que seria analisada pelo CNMP (Conselho Nacional do Ministério Publico) na próxima semana foi retirada de pauta.

A mudança foi a pedido do relator, Marcelo Weitzel.

Ele justificou a decisão de pedir a retirada de pauta pelo volume de processos a serem analisados na próxima sessão, a última antes do recesso.

“O plenário por videoconferência é muito mais cansativo e moroso que o presencial. Tanto que há limites para inserção de feitos em pauta”, diz Weitzel.

“Achei melhor não ‘tumultuar’ mais ainda a sessão, com um processo volumoso com várias sustentações orais para uma pauta já preenchida por processos de outros conselheiros, entendendo que seria melhor deixar para a primeira sessão de agosto. Neste sentido, já pedi para a assessoria inscrever esse processo assim que a pauta for aberta aos conselheiros para a sessão de agosto”, completa.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: