Carla Zambelli apaga postagem em que elogiava currículo de Decotelli, o novo ministro da Educação

Deputada bolsonarista chegou dizer que Decotelli, que é negro, não precisou de cotas para conquistar os títulos que estava divulgando; novo ministro, no entanto, foi desmentido por duas universidades internacionais, que desconhecem seu suposto doutorado e pós-doutorado.

Via Revista Fórum em 29/6/2020

A deputada federal Carla Zambelli (PSL/SP) apagou de seu Twitter uma postagem do dia 25 em que elogiava o currículo do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli. Naquele dia, Jair Bolsonaro havia acabado de anunciar Decotelli como o novo titular da pasta, no lugar de Abraham Weintraub.

Ao repostar uma publicação de Bolsonaro em que divulgava supostos títulos do novo ministro, como um doutorado pela Universidade de Rosário (Argentina) e um pós-doutorado pela Universidade de Wuppertal (Alemanha), Zambelli elogiou o currículo de Decotelli e ainda se aproveitou do fato de o economista ser negro para atacar ações afirmativas.

“E aí, @tabataamaralsp – vai ter “coragem” de criticar o novo ministro? Sabia que ele não precisou de cota para conseguir este currículo?”, havia tuitado a deputada.

Leg. Zambelli deletou tuíte em que elogiava currículo do ministro e em que falava que ele não precisou de cotas. Reprodução.

Na segunda-feira [29/6], no entanto, a postagem de Zambelli sobre o novo ministro já não estava mais disponível. E não é por menos. No mesmo dia da nomeação e da divulgação do currículo, o reitor da Universidade de Rosário informou que Decotelli cursou o doutorado na instituição, mas reprovou no trabalho final e, por isso, não possui o título. Já na segunda-feira, a Universidade de Wuppertal informou que não reconhece o pós-doutorado citado pelo novo ministro.

Como se não bastasse, Decotelli ainda vem sendo acusado de plágio em sua tese de mestrado na Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Além de ter apagado a postagem em que elogiava o currículo, Zambelli, que é uma das deputadas bolsonaristas mais ativas das redes sociais, não fez, desde o anúncio da nomeação de Decotelli, nenhuma menção ao novo ministro em seu Twitter.

Leia também
Decotelli entrou sem concurso na Marinha e também mentiu em currículo militar
Em nota, FGV informa que Decotelli não deu aulas lá e Bolsonaro deve trocar nome ainda hoje
Devido às inúmeras mentiras no currículo, Bolsonaro adia posse do ministro da Educação
Ministro da Educação ensina a primeira lição: Maquiar currículo funciona
Além de mentir sobre doutorado, ministro da Educação copiou trechos de outras teses em seu mestrado
Mais um militar: Novo ministro da Educação vem da Marinha
Quem são os ministros de Bolsonaro que mentiram no currículo
Universidade alemã avisa que o ministro da Educação não obteve pós-doc na instituição

REDES SOCIAIS

Uma resposta to “Carla Zambelli apaga postagem em que elogiava currículo de Decotelli, o novo ministro da Educação”

  1. Ricardo Edmundo Ceconello Says:

    Bolsominion, você é falso como o decotelli.
    Bolsonaros, vocês são tão falsos quanto o decotelli.
    Moro é mais falso que decotelli.
    Zambelli não vale nem meio.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: