Jereissati é um gênio na arte de enganar os cirandeiros

Carlos Fernandes em 24/6/2020

É preciso reconhecer, na fina arte de enganar desprecavidos, o senador tucano Tasso Jereissati é um gênio.

Suprassumo do que de pior existe no liberalismo econômico PSDBista, o magnata cearense que se apresenta como um dos mais ricos políticos do país, parece ter se especializado em bater carteira enquanto afaga suas vítimas.

Experiente como poucos no assunto, não perde uma oportunidade de aglomeração, física ou virtual, para pôr em prática os seus dotes discursivos em “defesa da democracia” enquanto abertamente entrega a soberania brasileira de mãos beijadas ao capital internacional.

Há quem fale em generosas comissões e outras vantagens mais, mas esse já é outro assunto.

O fato é que sua performance logo no lançamento do “movimento” Direitos Já!, em setembro de 2019, foi algo realmente esplendoroso.

Entusiasta de primeira hora da ideia forjada, aliás, por outro tucano, aproveitou-se do clima de “união” e “combate” das diversas forças políticas “contra Bolsonaro” para apenas duas semanas após, apresentar o relatório da Reforma da Previdência.

Batata! Os mesmíssimos “democratas” que subiram ao palanque jurando somar forças contra o governo Bolsonaro, foram justamente os que garantiram a vitória folgada de seu principal projeto de 2019.

Pois bem! Eis que agora, véspera da “histórica live” (oi?) em que reunir-se-ão a nata da direita brasileira em comunhão com a esquerda cirandeira desse país, o velho Tasso voltou novamente à sua melhor forma.

Pode ser apenas impressão minha, mas é incrível como esses “eventos” possuem um “Timing” perfeito com votações importantes no Congresso.

Relator do novo marco legal do saneamento básico que prorroga o prazo para o fim dos lixões e facilita a privatização das estatais do setor, o “democrata” Jereissati foi a favor desde o início que o texto fosse aprovado na íntegra.

Batata novamente. Aprovado na noite de quarta [24/6] mais um enorme crime de lesa-pátria, lá vai o astuto senador dar as mãos aos desprecavidos cirandeiros em mais uma patacoada do “movimento” em prol do “Fica Bolsonaro”.

Sim, não há uma única menção no convite para a live que diga respeito ao impeachment do nazista genocida que ora nos governa.

Aliás, ilustres convidados até então confirmados, Michel Temer, José Sarney e Dias Toffoli cancelaram suas participações ao terem percebido o menor sinal de tom político contra o presidente.

É realmente de chorar sentado.

Fico me perguntando que confraternização espera o grão-tucano – após sua certamente empolgante oratória “contra” o governo – para comemorar mais uma de suas vitórias NO governo.

Do lado de cá, não ignoro que mais essa tragédia que Bolsonaro, tucanos e afins nos brindam seja um motivo de pesar para os nossos combativos heróis do mundo de faz-de-conta.

Talvez até por isso mesmo, esses atos não sejam outra coisa senão uma forma tranquila, divertida e confortável de imaginar que estão fazendo alguma coisa de útil.

Afinal, negar a realidade supondo que essa gente compartilha de algum ideal minimamente democrata, convenhamos, é sempre uma forma de defesa.

Frívola e estúpida, é verdade, mas inegavelmente acolhedora.

Leia também
Vídeo: Brizola e o brizolismo às avessas de Cid e Ciro Gomes na privatização da água
Vitória de Tasso Jereissati: Senado aprova privatização da água e PT foi único partido a votar contra

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: