Mico da imprensa: Por que o jornalismo investigativo não achou Queiroz?

A Folha achou até os pedalinhos do Lula. Charge: Aroeira.

Moisés Mendes em 18/6/2020

A casa do advogado de Bolsonaro e de Flávio em Atibaia escondia Fabrício Queiroz desde o início de 2019. E a imprensa, incapaz de oferecer respostas, repetia a pergunta das redes sociais: onde está Queiroz?

A prisão de Queiroz sob a proteção do clã Bolsonaro é um mico para o jornalismo investigativo.

É um vexame para a Folha, que descobriu, com uma foto aérea, os pedalinhos com os nomes dos netos de Lula no sítio de Atibaia.

Queiroz estava na casa do advogado Frederick Wassef, depois de morar no Morumbi. E nenhuma equipe do jornalismo da grande imprensa foi mobilizada para achar Queiroz?

Sabe-se agora que foi o Ministério Público do Rio que indicou o paradeiro do ex-assessor de Flávio aos policiais de São Paulo.

Se ele circulava em São Paulo e foi localizado pelo MP, era onde a imprensa deveria procurá-lo. Esconderam o parceiro onde achavam que nunca seria rastreado.

As equipes do MP do Rio certamente são muito menores do que os times investigativos dos grandes jornais.

Não vale a alegação de que Fabrício Queiroz não era formalmente um foragido, porque não havia mandado de prisão contra ele.

Não é essa a questão. O jornalismo tinha a obrigação de dizer onde se encontrava o sujeito mais “procurado” pelas redes sociais por sempre se negar a depor e se transformar no mistério policial do bolsonarismo.

O MP decidiu fechar o cerco agora à espera do melhor momento para prender o chefe das rachadinhas. Mas é constrangedor que só agora se fique sabendo onde Queiroz morava.

E temos mais uma foragida, a mulher de Queiroz, Márcia Aguiar, que foi assessora de Flávio quando ele era deputado estadual.

As redações irão movimentar suas equipes para tentar achar Márcia, que talvez seja muito mais explosiva para o clã Bolsonaro do que o próprio Queiroz?

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: