Milícia bolsonarista: PF faz ações contra dono do site Terça Livre, do deputado que quebrou placa de Marielle e do vice do Aliança

O blogueiro Allan dos Santos. Imagem: Terça Livre.

PF FAZ NOVA AÇÃO NA CASA DE ALLAN DOS SANTOS
Operação, autorizada por Alexandre de Moraes, é parte de investigação sobre a convocação e o financiamento dos atos golpistas e de ataques contra o STF e o Congresso Nacional.
Via Revista Fórum em 16/6/2020

A Polícia Federal cumpre na manhã de terça-feira [16/6] um novo mandado de busca e apreensão na casa do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, do portal Terça Livre, em Brasília.

A ação também está sendo realizada no apartamento do deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), que ficou conhecido por quebrar a placa de Marielle Santos durante sua campanha em 2018.

A operação, autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ocorre um dia após a prisão de Sara “Winter” Geromini, líder do grupo “300 do Brasil”.

De acordo com a GloboNews, a operação ocorre em inquérito que investiga o financiamento e organização das manifestações antidemocráticas no país, solicitado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Ao todo, são 21 mandados judiciais abertos por determinação de Moraes.

A PF já havia realizado um primeiro mandado de busca e apreensão na casa de Allan dos Santos no dia 27 de maio. O inquérito responsável pela operação apurava ataques por fake news realizados contra ministros do STF.

A investigação tinha como alvo deputados bolsonaristas e aliados do presidente Jair Bolsonaro, além dos filhos do presidente, Carlos e Eduardo Bolsonaro, que fazem parte da milícia virtual de propagação de fake news.

***

À esquerda, deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ).

BOLSONARISTA, DEPUTADO QUE QUEBROU PLACA DE MARIELLE DIZ QUE PF ESTÁ EM SEU APARTAMENTO
“Estou de fato incomodando algumas esferas do velho poder”, desabafou Daniel Silveira (PSL/RJ) no Twitter. Mandado ocorre em mesmo inquérito que prendeu Sara Winter na segunda [15/6].
Via Revista Fórum em 16/6/2020

O deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ) afirmou em seu perfil no Twitter na terça-feira [16/6] que a Polícia Federal está em seu apartamento. A PF também cumpriu nesta manhã um novo mandado de busca e apreensão na casa do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, em Brasília.

“Polícia Federal em meu apartamento. Estou de fato incomodando algumas esferas do velho poder. E cada dia estarei mais firme nessa guerra! Ah! E não nos esqueçamos nunca: #NaoMexamComWeintraub Força & Honra”, escreveu o deputado na rede social.

De acordo com a GloboNews, a operação ocorre em inquérito que investiga as manifestações antidemocráticas no país, solicitado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Ao todo, são 21 mandados judiciais abertos por determinação do ministro Alexandre de Moraes.

A intenção da investigação é apurar quem financia e organiza tais atos golpistas. A bolsonarista Sara “Winter” Geromini foi presa pela PF, em Brasília, por conta do mesmo inquérito.

Além dela, cinco outras pessoas identificadas como líderes do acampamento “300 do Brasil” tiveram prisão temporária, por cinco dias. O objetivo das prisões temporárias é ouvir os investigados e reunir informações de como funciona o esquema criminoso.

Com o início da operação da Polícia Federal contra apoiadores de Jair Bolsonaro, Silveira intensificou seus ataques contra o Supremo Tribunal Federal (STF) em suas redes sociais.

***

Sérgio Lima. Foto: Redes sociais.

PUBLICITÁRIO E VICE-PRESIDENTE DO ALIANÇA PELO BRASIL, PARTIDO DE BOLSONARO, SÃO ALVOS DA PF
Mandados ocorrem em inquérito que investiga atos golpistas. Deputado Daniel Silveira (PSL/RJ) e Allan dos Santos também são alvos.
Luiza Fragão, via Revista Fórum em 16/6/2020

A operação deflagrada pela Polícia Federal na manhã de terça-feira [16/6] também cumpriu mandados de busca e apreensão contra o publicitário Sérgio Lima e o advogado Luís Felipe Belmonte. Os dois são ligados ao Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar.

Luís Felipe Belmonte é vice-presidente e principal operador da nova legenda. Já Sérgio Lima foi responsável por desenvolver a comunicação visual do Aliança, além de ter criado o aplicativo que coleta assinaturas para a criação do partido.

Além deles, o deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ) e o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, do portal Terça Livre, também foram alvos da operação.

De acordo com a GloboNews, a operação ocorre em inquérito que investiga as manifestações antidemocráticas no país, solicitado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Ao todo, são 21 mandados judiciais abertos por determinação do ministro Alexandre de Moraes.

A intenção da investigação é apurar quem financia e organiza tais atos golpistas. A bolsonarista Sara “Winter” Geromini foi presa pela PF, em Brasília, por conta do mesmo inquérito.

Além dela, cinco outras pessoas identificadas como líderes do acampamento “300 do Brasil” tiveram prisão temporária, por cinco dias. O objetivo das prisões temporárias é ouvir os investigados e reunir informações de como funciona o esquema criminoso.

REDES SOCIAIS

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: