A brasilidade em tempos de pandemia

“Brasilidade”, obra de Thaís Gomez.

Vinicius Carvalho em 11/6/2020

Eu não aguento mais a brasilidade, bicho!

E isso está longe de viralatismo.

Essa malemolência, esse gingado, esse sorriso fácil, essa simpatia, o “jeitinho”… da mesma forma que usam para o bem, usam para o mal.

Essa pandemia é a comprovação dessa maldição.

Aí toma-lhe comunista-paternalista dizendo: “Mas você tem de entender que o povo é assim”.

É uma porra. Isso é a concepção mais liberal que existe. Socialista de verdade faz como na China.

Porque chega um momento que o Estado tem de chegar no seu portão e dizer:

– Campeão, vai ficar em casa e acabou!

– Ain, mas por que, Seo Estado Malvadão? Você tem de entender a minha brasilidade.

Porque eu estou salvando você de você mesmo, seu filho da puta! E enfia a sua brasilidade no cu do Ary Barroso!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: