Farra do auxílio emergencial: 37 mil militares receberam o benefício indevidamente

Via DCM em 5/6/2020

Nada menos de 37.298 militares receberam indevidamente a primeira parcela do auxílio emergencial do governo, em função da pandemia do coronavírus. É a chamada farra das Forças Armadas.

Os dados foram fornecidos pelo Ministério da Cidadania, em resposta a um pedido do Tribunal de Contas da União.

O ministério, responsável pelo cadastro, informa que outros 14 mil militares conseguiram receber também a segunda parcela e que o governo conseguiu barrar 171 mil pessoas que se inscreveram no programa sem ter o direito ao benefício.

O governo anunciou que vai criar um sistema de cadastro para os que receberam indevidamente devolvam os recursos ao poder público – até agora ninguém devolveu um tostão. As informações são da CNN Brasil.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: