Briga entre irmãos e boicote à madrasta: As confusões da família Bolsonaro

A família imperial: Da esquerda para a direita: Eduardo, Jair, Flávio e Carlos Bolsonaro.

No Palácio do Planalto, não existe almoço de domingo em família. No máximo um encontro entre o pai e os filhos, sem a presença de Michelle.

Léo Dias, via Metrópoles em 7/6/2020

Toda família tem suas tretas, e na família Bolsonaro não é diferente. Nessa semana contamos aqui que a primeira-dama Michelle Bolsonaro não suporta a ex-mulher de seu marido Rogéria, que vem a ser mãe de Eduardo, Flávio e Carlos.

Só que as desavenças do clã presidencial não param por aí. Os três primeiros filhos de Jair não suportam Michelle. No Palácio do Planalto, não existe almoço de domingo em família. No máximo um encontro entre o pai e os filhos, sem a presença de Michelle. E isso não é de pouco tempo, na verdade, eles nunca se deram bem, desde o início do namoro do pai. Já a primeira-dama nunca fez questão de amenizar a relação, pelo contrário.

Aliás, Michelle é bem durona e a fama de machista de Bolsonaro parece que é realmente da boca para fora. No dia a dia, ele está longe de ser o machão que aparenta. Da porta do Palácio do Planalto para dentro, quem manda é Michelle. É ela quem dá a última palavra e Jair aceita todas. Ele é muito frio, mas é apaixonado pela esposa.

Na virada de ano de 2018 pra 2019, quando Bolsonaro foi eleito, Michelle levou uma excursão da igreja dela pro Alvorada pra passar o dia e ficar pra posse. Os filhos ficaram indignados porque queriam que o momento fosse em família, teve uma briga por causa disso e cada um deles passou a virada em um lugar. Para piorar, o tal pessoal da igreja gravou vários vídeos dentro da residência oficial, ostentando, aí o tempo fechou mais.

Relações familiares
Carlos é o filho de temperamento mais parecido com Jair e o mais ligado a ele. Foi Carlos que permaneceu o tempo todo ao lado do pai em todas as vezes em que ele esteve internado por causa da facada que levou durante a campanha presidencial. É em Carlos que Jair confia plenamente e é ele quem Jair sempre escuta. Não foi à toa que Carlos desfilou em carro aberto com o pai na posse de Bolsonaro.

Mas a relação não é sempre boa. Ao mesmo tempo que eles são cúmplices, eles também brigam bastante. Já Carlos e Michelle, apesar de não se seguirem no Instagram, aparentemente se dão bem. Mas não enganam muita gente, a relação dos dois não passa de estratégia. Eles são aliados, pois sabem que é melhor ficar assim para tudo correr de uma forma melhor. Afinal, Michelle é a escolhida do pai e é mãe de Laura, a filha caçula de Jair.

Apesar de se amarem e se defenderem da porta de casa para fora, assim como toda família, existem desavenças entre os irmãos. Na família presidencial, o problema é com Flávio. Ele não tem uma relação tão boa com os irmãos. Às vezes, Carlos e Eduardo passam meses e meses sem falar com Flávio. Mas Jair sempre tenta apaziguar a relação dos filhos. Já Eduardo é considerado o mais fofo dos três. Ele é atencioso com todos da família, com a esposa e é o que menos briga dentro de casa.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: