Ao atacar Fernando Haddad, Bolsonaro diz que George Floyd asfixiado e João Pedro baleado são fake news

O presidente criticou uma mensagem publicada pelo candidato do PT nas eleições de 2018.

Via Revista Fórum em 30/5/2020

O presidente Jair Bolsonaro atacou no sábado [30/5] o ex-ministro Fernando Haddad em razão de um tuíte em que o candidato do PT nas eleições de 2018 critica o copo de leite do presidente.

“O menino João Pedro, baleado pelas costas; George Floyd, asfixiado. Bolsonaro tomando leitinho com Allan dos Santos para brindar supremacistas brancos. Sinto asco”, escreveu Haddad.

Bolsonaro, então, classificou o tuíte como “fake news”.

O presidente não comentou sobre a morte de João Pedro, muito menos a de George Floyd. João Pedro, de 14 anos, foi assassinado pela Polícia Civil em casa no último dia 18. O episódio foi comparado com a morte de Floyd, ocorrida na última terça-feira, que despertou fortes mobilizações nos EUA.

Na quinta-feira – dia em que as manifestações explodiram –, Bolsonaro brindou com um copo de leite junto de aliados durante live presidencial. O episódio foi considerado por especialistas como um aceno a supremacistas brancos. O copo de leite é um símbolo adotado por grupos extremistas. Logo após a live do presidente, o blogueiro Allan dos Santos repetiu o gesto e disse “entendedores entenderão”.

Apesar do presidente dizer que estaria cumprindo um desafio, a antropóloga Adriana Dias, pesquisadora de neonazismo, e o antropólogo David Nemer, que estuda o bolsonarismo, enxergaram o paralelo.

REDES SOCIAIS

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: