“É como gravar uma ida ao bordel”, diz ministro após assistir vídeo da reunião ministerial de Bolsonaro

Reunião de Bolsonaro e ministros no dia 22 de abril. Foto: Marcos Corrêa/PR.

Vídeo que foi entregue ao STF “só mostra a personalidade suicida do presidente”, disse o magistrando à CNN.

Via Jornal GGN em 18/5/2020

Um ministro do Supremo Tribunal Federal disse em caráter reservado à jornalista Basília Rodrigues, da CNN Brasil, que a reunião ministerial em que Jair Bolsonaro pressiona a Polícia Federal e ameaça demitir Sérgio Moro parece uma “ida ao bordel”.

A comparação foi feita no intuito de expressar a falta de cabimento em registrar em vídeo uma reunião totalmente fora das regras de etiqueta que deveriam ser seguidas pelas autoridades máximas de um País.

Para gente que cuida de segurança, uma reunião como essa não caberia nem ser gravada, para o registro de palavrões? Condutas? É como gravar uma ida ao bordel”, afirmou um ministro à repórter.

Isso só mostra a personalidade suicida do presidente. É uma situação complicadíssima”, acrescentou.

Na semana passada, a imprensa revelou que, na reunião, ministros do governo xingaram membros do STF e comentários indevidos sobre a China também foram registrados.

A decisão de liberar o vídeo anexado ao inquérito que apura a interferência de Bolsonaro na PF é do ministro Celso de Mello.

REDES SOCIAIS

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: