Eduardo Bolsonaro defende sua indicação à embaixada dos EUA: “Fritei hambúrguer e fiz intercâmbio”.

Carolina Marins, via Folha em 12/7/2019

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) defendeu hoje a sua indicação ao cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Segundo ele, a indicação ainda é uma suposição e é necessário conversar com seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), o que deve acontecer até domingo.

Em entrevista coletiva, Eduardo disse que a indicação não surge do nada: “Sou presidente da Comissão de Relações Exteriores (da Câmara), já fiz intercâmbio, já fritei hambúrguer lá nos Estados Unidos”, disse em frente ao Itamaraty. Ele tinha agendada uma reunião com o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, nesta manhã.

“É difícil falar de si próprio. Mas não sou um filho de deputado [presidente] que está do nada vindo a ser alçado a essa condição. Tenho vivência pelo mundo”, recordou. Segundo ele, o seu período de intercâmbio o ajudará caso seja indicado. “No frio do Colorado, numa montanha lá, aprimorei meu inglês. Vi como é o trato receptivo do norte-americano com os brasileiros”, avaliou.

O deputado afirmou ter respaldo do chanceler para ocupar o cargo, mas voltou a lembrar que a indicação não está definida. “Ele [Ernesto Araújo] sorriu, expressou apoio ao meu nome por ocasião da possível indicação para a embaixada dos EUA. Acredito que agora só falta conversar com o presidente e reafirmar que essa é a vontade dele, se ele mantém o que tem dito”, explicou.

Para ele, os Estados Unidos veriam a sua indicação com bons olhos. “É como imaginar o filho do [Mauricio] Macri [presidente argentino] assumindo como embaixador da Argentina no Brasil. Esta possibilidade sendo concretizada tem tudo para ganhar Brasil e EUA”, disse. A mesma comparação foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro em live feita na manhã de sexta [12/7].

O deputado também repetiu os argumentos do pai ao ser questionado se a possível nomeação seria nepotismo. Ele lembrou que a súmula vinculante do Supremo Tribunal Federal respalda a indicação. “Como se trata de uma nomeação política diretamente pelo presidente, estaria fora dessa questão do nepotismo”, destacou.

A Súmula Vinculante 13, estabelecida pelo STF (Supremo Tribunal Federal), caracteriza como nepotismo a nomeação de “parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal”.

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo, disse ao jornal Folha de S.Paulo ver nepotismo no caso, mas advogados ouvidos pelo UOL dizem que a indicação não seria enquadrada na lei de nepotismo.

Mais cedo, em uma live no seu Facebook, o presidente também defendeu a nomeação do filho e disse que só depende de uma resposta de Eduardo e da aprovação do Senado.

Bolsonaro diz que filho embaixador teria tratamento diferenciado

“É amigo dos filhos do Donald Trump”.
Eduardo Bolsonaro é presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados e acompanha o pai em quase todas as viagens internacionais – sua atuação é vista nos bastidores como uma espécie de chanceler paralelo. Eduardo foi elogiado pelo presidente dos EUA, Donald Trump, durante o encontro do pai na Casa Branca. Ele, inclusive, foi convidado para participar do encontro fechado no Salão Oval, enquanto o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, ficou fora da conversa privada.

Eduardo é advogado e escrivão da Polícia Federal. Bolsonaro afirmou que o filho seria apto para o cargo de embaixador, mesmo sem nunca ter seguido a carreira diplomática, porque é “amigo dos filhos do Donald Trump, fala inglês e espanhol, tem uma vivência muito grande do mundo”. “Poderia ser uma pessoa adequada e daria conta do recado perfeitamente.”

Caso seja oficialmente indicado para o posto, Eduardo ainda precisaria passar por uma sabatina no Senado, que precisa aprovar o seu nome para chefiar a missão diplomática brasileira em Washington.

Representantes da oposição na Comissão de Relações Exteriores do Senado já afirmaram que veem nepotismo na indicação e pretendem ingressar com uma ação no STF se o deputado for realmente nomeado.

Secretário de Governo diz que indicação não está definida
O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, afirmou que a indicação ainda não está definida e comparou o caso a outros anúncios do presidente, que acabaram não se realizando, como a transferência da embaixada brasileira em Israel, de Tel-Aviv, para Jerusalém.

“O presidente tem esses momentos de pronunciamento. Ele disse que a embaixada brasileira de Israel ia ser transferida para Jerusalém e hoje está aonde? Em Tel-Aviv. Ele manifestou uma intenção”, afirmou.

O ministro disse que soube pela imprensa da possibilidade da indicação de Eduardo e que houve uma manifestação do ministro Ernesto Araújo que, segundo ele, viu com simpatia. “Isso também ainda teria que passar pela aprovação do Congresso”, lembrou.

Ramos disse também que não faz juízo de valor da questão, mas que reconhece que ela é polêmica e que foi usada por parlamentares da oposição durante a votação da Previdência. “Pode ser que a indicação dê margem para o pessoal falar”, afirmou. Apesar disso, disse que a indicação não contraria a lei e que o filho do presidente é um “jovem preparado”.

REDES SOCIAIS

Uma resposta to “Eduardo Bolsonaro defende sua indicação à embaixada dos EUA: “Fritei hambúrguer e fiz intercâmbio”.”

  1. Magda ferreira santos Says:

    PELO JEITO O IMBECIL FRITOU AS MIGALHAS DE CÉREBRO JUNTO COM OS HAMBURGUERS!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: