Bonner “demite” Sérgio Moro ao vivo no Jornal Nacional

Em meio ao escândalo das conversas reveladas entre Moro e procuradores, a imprensa tradicional parece, com os atos falhos, estar se acostumando com uma demissão do ex-juiz ao chamá-lo de “ex-ministro”; Estadão cometeu a mesma gafe no domingo [9/6].

Via Revista Fórum em 11/6/2019

Em meio ao escândalo instaurado com a revelação de conversas privadas que mostram o ministro Sérgio Moro em articulação supostamente ilegal com procuradores da Lava-Jato para prender Lula, a mídia tradicional brasileira, que já defende um afastamento de Moro do Ministério da Justiça, vem cometendo gafes ao já chamá-lo de “ex-ministro”.

Na terça-feira [11/6], ao vivo no Jornal Nacional, da Globo, o apresentador William Bonner se referiu a Moro como “ex-ministro”.

A mesma gafe foi cometida pelo Estadão no domingo [9/6], logo após as revelações trazidas pelo The Intercept Brasil. Em uma reportagem, o jornal também “demitiu” o ex-juiz de Curitiba.

Mídia tradicional sugere renúncia
A edição de terça-feira [11/6] de dois dos principais jornais do país, Folha de S.Paulo e Estadão, vieram com editoriais sugerindo, em meio ao escândalo, a renúncia de Moro.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: