Lenio Streck: Vazamento pode não servir contra Moro, mas serve a favor dos réus

Para jurista, “vazajato” já é o “maior escândalo pós-88, envolvendo autoridades do Poder Judiciário e do Ministério Público que deveriam proteger as garantias, e não violá-las”.

Via Jornal GGN em 10/6/2019

Se o vazamento de mensagens trocadas entre Sérgio Moro e procuradores de Curitiba é produto de hackers, então são provas que não servem para punir o ex-juiz da Lava-Jato. Porém, são válidas para anular processos e beneficiar os réus da operação. É o que explica Lenio Streck, em entrevista exclusiva ao GGN.

Segundo o jurista, “qualquer réu pode se beneficiar de informações, mesmo que colhidas ao arrepio da lei.”

Na noite de domingo [9/6], o site The Intercept iniciou a publicação de uma série de reportagens sobre conversas privadas entre Moro e Deltan Dallagnol, no aplicativo de conversação Telegram.

Os diálogos divulgados até o momento provam que o então juiz da Lava-Jato passou dicas e estratégias ao Ministério Público, fez cobranças e intervenções em fases da operação, antecipou decisões e deixou claro que participava do inquérito contra Lula como um assistente de acusação, muito antes do caso tríplex virar uma denúncia formal.

Na visão de Streck, “processo em que juiz diz ao MP como agir é tão nulo que o porteiro do tribunal deveria assim declarar esse processo.”

“Trata-se do maior escândalo pós 88 envolvendo autoridades do Poder Judiciário e Ministério Público, que deveriam proteger as garantias e não violá-las”, declarou. “A atuação de Moro e do MP maculam as ações penais porque tornam ambos suspeitos no sentido legal da palavra suspeição”, acrescentou o jurista.

O Conselho Nacional do Ministério Público já recebeu pedido de investigação sobre a conduta dos procuradores da Lava-Jato, que negam irregularidades e se dizem vítimas de um vazamento criminoso.

Segundo Streck, o “único que não pode mais ser processado pelo CNJ [Conselho Nacionl de Justiça] é Sérgio Moro. Ele pediu demissão [do cargo de juiz, para ser ministro de Bolsonaro], então isso é fato passado.”

No Senado já há movimentação de partidos de oposição ao governo Bolsonaro pela coleta de assinaturas para a instauração de uma CPI para investigar o escândalo.

REDES SOCIAIS

Uma resposta to “Lenio Streck: Vazamento pode não servir contra Moro, mas serve a favor dos réus”

  1. Magda Santos Says:

    NA VERDADE UMA COMISSÃO DEVERIA NÃO SÓ AVERIGUAR ESTE CASO MAS TODAS A ATROCIDADES COMETIDAS DESDE QUE ESTE DESGOVERNO ILEGAL TOMOU O PODER COM SUAS MENSAGENS FALSAS, INTERFERÊCIA DOS MILICIANOS, DOS FLHOS ETC.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: