Bolsonaro sobre Holocausto: “Podemos perdoar, mas não esquecer”.

“Nós podemos perdoar, mas não podemos esquecer. E é minha essa frase”, disparou o presidente, arrancando alguns aplausos em encontro com evangélicos

Via Jornal GGN em 12/4/2019

Em encontro com lideranças evangélicas na sexta [12/4], Jair Bolsonaro fez um comentário polêmico sobre o Holocausto. De acordo com ele, “nós podemos perdoar, mas não podemos esquecer.”

Depois de se gabar de ser o autor da frase, Bolsonaro insistiu que “quem esquece o passado está condenado a não ter futuro. Se não queremos repetir a história [do genocídio durante a 2ª Guerra], que não foi boa, vamos evitar com ações e com atos para que não se repita daquela forma.”

Cerca de seis 6 milhões de judeus foram vítimas do Holocausto durante a 2ª Guerra Mundial.

Do mesmo encontro participaram Dias Toffoli e Davi Alcolumbre, presidentes do Supremo Tribunal Federal e Senado, respectivamente.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: