A atitude inexplicada da OAB

Falando em nome de uma organização histórica, Felipe Santa Cruz, novo presidente da OAB, não pode se furtar a explicar sua posição sobre o adiamento, pelo STF, do julgamento da prisão em 2ª instância.

Luis Nassif em 6/4/2019

O novo presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, aparentemente tem lado. Filho de um desaparecido político, morto pela ditadura, tomou algumas atitudes corajosas assim que assumiu a Ordem. Assim como se eximiu em inúmeros episódios anteriores, ou por razões de política interna da Ordem, ou de pretender apagar sua história familiar.

Na semana passada, porém, tomou a iniciativa de afastar do Supremo Tribunal Federal o cálice do julgamento da prisão após 2ª instância. Há um conjunto de argumentos em favor e contrários ao tema. No caso desse julgamento, estava amarrado também o da libertação ou não de Lula.

Falando em nome de uma organização histórica, ele não pode se furtar a explicar sua posição.

O GGN fica aguardando explicações de Felipe Santa Cruz. Este post continuará sendo publicado até que ele se manifeste.

Uma resposta to “A atitude inexplicada da OAB”

  1. José Cunha Says:

    Quando foi anunciado como novo presidente da OAB, o homem foi aplaudido por grande parte do público que acompanha o debate político e social. Mas, pela posição que assumiu frente o assunto em tela, parece que o homem tem o rabo preso e a grande mídia já descobriu.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: