Romeu Zema, governador de Minas, tem cidadania cassada após ação da polícia italiana que prendeu 7

Via Revista Fórum em 3/4/2019

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), está entre os cerca de 300 mineiros que tiveram a cidadania italiana cassada após operação da polícia italiana no fim de março que prendeu sete brasileiros acusados de fraude. As informações são de Litza Mattos, na edição de terça-feira [2/4] do jornal O Tempo.

Segundo a reportagem, no total, mais de 800 brasileiros tiveram a cidadania cassada, entre eles juízes, promotores e um jogador da Chapecoense, morto no acidente em 2016, além de Zema. Todos podem responder por corrupção, falsidade ideológica e ser incluídos em cadastros negativos nos órgãos públicos italianos.

Na investigação, a polícia italiana teria descoberto os documentos emitidos por organizações criminosas que cobravam até 7 mil euros (cerca de R$30 mil) pelos trâmites, que envolviam propina a cartórios, servidores públicos e agentes da própria polícia.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: