Vídeo: Eduardo Bolsonaro explica por que a reforma da Previdência proposta por seu pai é um crime contra o povo

Via Revista Fórum em 28/2/2019

Em vídeo gravado durante seu mandato como deputado federal, entre 2014 e 2018, e que voltou às redes nesta semana, Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, antecipa seu voto contrário e faz ataque virulento à reforma da Previdência. No vídeo, ele afirma que quem paga a conta da reforma não são os grandes devedores.

“Queria registrar aqui e antecipar o meu voto contrário à reforma da Previdência… Primeiro é necessário que nós cobremos dos grandes devedores. Eu não vi esforço do governo para cobrar… Enquanto isso não for feito, não haverá moral para que o congresso analise essa proposta”, inicia Eduardo.

Em seguida, ele afirma que a Previdência no Brasil é superavitária: “Ela não dá prejuízo, o problema é que tudo aquilo que é arrecadado para a Previdência acaba sendo desvirtuado para ser investido em outras áreas… É um problema, basicamente, de gestão. Soma-se a isso, obviamente, o ralo da corrupção… Mais uma vez confirmo meu voto contrário à reforma da Previdência. Até quando, até onde a gente vai botar o trabalhador, o funcionário público principalmente, pra pagar essa conta?”.

REDES SOCIAIS

Uma resposta to “Vídeo: Eduardo Bolsonaro explica por que a reforma da Previdência proposta por seu pai é um crime contra o povo”

  1. heloizahelenapiasblog Says:

    o DUDU está contra o papi dele, n posso acreditar, com esta fico de orelha bem alerta. ________________________________________

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: