Governo Bolsonaro desvia mais de R$600 bilhões da Previdência para pagar dívidas

Decreto que desvia os recursos da seguridade social vem em meio as discussões acerca da reforma da Previdência, que deverá dificultar o acesso de milhões de brasileiros a aposentadoria.

Via Condsef em 12/2/2019

Um decreto publicado no Diário Oficial da União da sexta-feira [8/2] autoriza o governo Jair Bolsonaro a transferir R$600 bilhões da seguridade social para cobrir os encargos financeiros, além de também autorizar que parte dos recursos sejam transferidos para estados, municípios e o Distrito Federal; decreto que desvia os recursos da seguridade social vem em meio as discussões acerca da reforma da Previdência, que deverá dificultar o acesso de milhões de brasileiros a aposentadoria

Um decreto publicado no Diário Oficial da União da sexta-feira [8/2] autoriza o governo Jair Bolsonaro a transferir R$600,056 bilhões da seguridade social para cobrir os encargos financeiros, além de também autorizar que parte dos recursos sejam transferidos para estados, municípios e o Distrito Federal.

O decreto que também leva a assinatura do ministro da Economia, Paulo Guedes, tem como base a Lei nº 13.707, de 14 de agosto de 2018, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias para este exercício e que foi sancionada pelo então presidente Michel Temer, no dia 14 de agosto do ano passado, com 18 vetos.

O decreto vem em meio as discussões acerca da reforma da Previdência, que sob a alegação de um suposto rombo financeiro, deverá dificultar o acesso de milhões de brasileiros a aposentadoria, além de implantar um modelo de capitalização que deverá reduzir o valor dos benefícios, já que o trabalhador só poderá contar para a aposentadoria com aquilo que conseguir juntar junto aos títulos de previdência privada.

Críticos da reforma, contudo, afirmam que a Previdência é superavitária e que uma das principiais dificuldades em manter o equilíbrio está junto aos desvios dos recursos para cobrir o rombo das dívidas do governo.

Clique aqui para ler o decreto.

Uma resposta to “Governo Bolsonaro desvia mais de R$600 bilhões da Previdência para pagar dívidas”

  1. Geraldo Lobo Says:

    JÁ DISSE ANTES E TODOS SABEM: COPACABANA, IPANEMA E LEBLON FORAM CONSTRUÍDOS COM FINANCIAMENTOS GLOBAIS DO INSS, DA MESMA FORMA QUE FOI O ATERRO DO FLAMENGO COM O DESMONTE DO MORO DE STO ANTÔNIO, E PARTE DE BRASÍLIA.OS FEDERAIS ESTÃO APENAS E TÃO SOMENTE REPAGANDO AO INSS AQUILO QUE ‘TOMARAM’ EMPRESTADO, MAS QUE NINGUÉM SE ATREVE A FAZER UMA AVALIAÇÃO E AUDITORIA MAIS PRECISA, PORQUE — SABEM — QUE É MUITA GRANA MESMO !!! E MUITA GRANA SERVE A QUEM? AOS BANCOS PRIVADOS E NADA MAIS !!! É O QUE ELES QUEREM !!!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: