Responsável pelo Enem: Indicado para Inep já classificou professores brasileiros como desqualificados e manipuladores

Só para ver o nível de loucura. O novo diretor do Inep, Murilo Resende, afirma que professores pregam a pedofilia e incesto. E de quem seria a culpa? Regime militar. Isso mesmo: os militares teriam colocado os marxistas no MEC.

Via DCM em 5/1/2019

Indicado para a diretoria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que cuida do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), Murilo Resende Ferreira afirmou que os professores brasileiros são desqualificados e manipuladores, que tentam roubar o poder da família praticando a ideologia de gênero. As declarações foram dadas em uma audiência no Ministério Público Federal sobre “Doutrinação Político-Partidária no Sistema de Ensino”, em 2016.

Resende, que já faz reuniões no Inep, onde assumirá a Diretoria de Avaliação da Educação Básica, responsável também por outros exames oficiais do governo, foi indicado ao cargo pelo movimento Escola sem Partido, do qual é adepto. Na audiência pública realizada em Goiás, onde leciona em faculdades, ele propôs uma prova de português e matemática para a categoria, a quem chamou de “gente que não quer estudar de verdade”.

“É impressionante a maneira como os professores são incapazes de perceberem que eles têm alguma coisa a ver com o mal da educação brasileira, como eles creditam tudo à sociedade, à ausência de dinheiro”, afirma Resende. “Relembrando meu grande professor Olavo de Carvalho, eu acho que talvez não seja nem necessário um Escola sem Partido, se a gente puder realizar simplesmente uma coisa no nosso ensino: uma prova de português e matemática para os professores”.

[…]

***

Luis Felipe Miguel em 6/1/2019
O olavete que será encarregado do Enem, segundo leio na página do Helio Alves, diz que Descartes é o “pai da ideologia de gênero”. Este é o título bombástico de uma postagem no seu blog.

A postagem é, na verdade, a reprodução de um trecho de Jean Borella – que, a Wikipédia me diz, é um filósofo católico francês ultraconservador. Ao fazer a aproximação com a campanha obscurantista contra a chamada “ideologia de gênero”, o blogueiro cumpre o papel que cabe aos seguidores mais toscos de uma corrente de pensamento: expor sem máscara seu sentido mais chão.

Do blábláblá relaborioso de Borella, o blogueiro extrai a ideia de que Descartes é nocivo porque, ao projetar um sujeito cognoscente inquiridor, põe em risco a adesão imediata ao mundo tal como ele é. Em suma: o que é necessário é vetar o pensamento crítico.

O blogueiro revela, assim, o sentido final do Escola Sem Partido (sic). Não se trata de combater apenas o marxismo ou o feminismo, mas qualquer traço de reflexão crítica sobre a realidade.

Nisso, o famoso “liberal na economia, mas conservador nos costumes” faz todo o sentido. Também se trata de naturalizar uma instituição produzida historicamente (o mercado) e os comportamentos suscitados por ela, a fim de impedir questionamentos e a produção de uma nova e mais igualitária ordem social.

***

Uma resposta to “Responsável pelo Enem: Indicado para Inep já classificou professores brasileiros como desqualificados e manipuladores”

  1. Geraldo Lobo Says:

    De que buraco cheiroso saiu esse estrupício?

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: