Ao propor Constituição sem povo, general Mourão, vice de Bolsonaro, despreza princípio democrático

General Hamilton Mourão, candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL). Foto: Marlene Bergamo/Folhapress.

Bruno Boghossian, via Folha on-line em 14/9/2018

Parece que o general Hamilton Mourão não é muito fã da democracia. Dias depois de afirmar que as Forças Armadas deveriam intervir no país em casos extremos, o candidato a vice de Jair Bolsonaro agora sugere atropelar as regras do jogo para mudar a Constituição.

“Fazemos um conselho de notáveis e, depois, submetemos a plebiscito. Uma Constituição não precisa ser feita por eleitos pelo povo”, disse o militar da reserva, na quinta [13/9].

A carreira militar proporcionou a Mourão uma formação política, mas ele prefere ignorar alguns princípios básicos. Ele fala como se governantes iluminados pudessem desprezar o poder constituinte para rasgar e refazer as principais normas do país.

Nem Hugo Chávez pegou tantos atalhos. Em 2009, ele submeteu uma reforma da Constituição à Assembleia Nacional, controlada por seus aliados. Depois, fez um referendo para validar as mudanças. Acabou com limites de mandato e abriu caminho para a reeleição irrestrita. Seu grupo está no poder há quase 20 anos.

A ideia de Mourão é mais atrevida porque elimina o crivo de outros poderes. Os políticos estão em baixa, mas ao menos são escolhidos por uma sociedade plural. Os tais “notáveis” de Mourão seriam nomeados por um governo e, portanto, trabalhariam sob encomenda.

O plebiscito citado pelo general não dá mais legitimidade ao projeto. Só reveste de demagogia a vontade de queimar etapas. O PT também tenta encurtar caminhos ao propor que presidentes possam convocar consultas populares. Hoje, só o Congresso tem essa competência.

Mourão diz que a sugestão é sua, não de Bolsonaro. O vice assumiu protagonismo na campanha desde o atentado sofrido pelo titular –incomodando até a família do candidato.

O general já afirmou que o AI5, que cassou centenas de políticos, “nem foi tão usado” e que um presidente pode convocar as Forças Armadas e dar um “autogolpe” em situação de “anarquia”. Se Bolsonaro for eleito, Mourão dormirá com a corneta sob o travesseiro no Palácio do Jaburu?

Bruno Boghossian é jornalista, foi repórter da Sucursal de Brasília. É mestre em Ciência Política pela Universidade Columbia (EUA).

4 Respostas to “Ao propor Constituição sem povo, general Mourão, vice de Bolsonaro, despreza princípio democrático”

  1. bloglimpinhoecheiroso Says:

    Não sei lhe dizer. Se você é cadastrado deveria estar recebendo normalmente.

  2. Edilson Dorneles Says:

    Essa foi a última publicação que recebi do bloglimpinhoecheiroso, não entendi porque não recebi mais, o que devo fazer para continuar recebendo as publicações na minha caixa de e-mail

  3. jofbas00 Says:

    Interessante a idéia.
    Não existe no Brasil uma pessoa mais notável que o LULA.
    portanto ele deveria escolher mais um ou dois notáveis para fazer esta nova constituição.
    Lembrando que o mourao é acusado por um coronel de direcionar licitações para que os vencedores sejam seus comparsas, portanto o mourao é notável ladrão

  4. Geraldo Lobo Says:

    Pior ainda seria se ao invés de dormir com a corneta sob o travesseiro, tê-la como objeto de uso constante, amarrada a um chaveiro, por exemplo. A qualquer tic ou tac levaria a apitar pros seus supostos comandados, muitos deles dali do Clube Militar da Gávea/Lagoa, Rio, pois os do Centro já se retiraram não só da ativa como da vida em si. Haja vista o que escrevem ainda em seus boletins inconstantes e serendíptiosos (quer dizer, que procuram uma verdade e encontram dez mentiras, e mesmo assim as usam sem o menor escrúpulo) caso da Edição Especial da Revista do Clube Militar, No. 452, de fev-abr. 2014 entitulada: 31 de Março (sic) A Verdade.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: