Para prejudicar Haddad: Barroso contraria Lei Eleitoral e censura Lula de campanha do PT

Ministro Barroso proíbe PT de apresentar Lula como candidato e ameaça suspender horário eleitoral.

Via Brasil 247 em 9/9/2018

Depois de afrontar o Comitê de Direitos Humanos da ONU, que determinou ao Brasil que garantisse os direitos políticos de Lula, mantido como preso político para não disputar uma eleição que ele venceria com facilidade, o ministro Luis Roberto Barroso acaba de tomar mais uma decisão inusitada: censurou a palavra Lula nos comerciais do PT.

“Luís Roberto Barroso acaba de mandar que o PT tire qualquer referência ‘escrita, oral, pictográfica ou gráfica’ à candidatura de Lula da propaganda, para não induzir o eleitor ao erro. O partido também não pode manifestar apoio a Lula em nenhuma peça da propaganda nem de nenhuma candidato da coligação”, informa o colunista Lauro Jardim.

O objetivo é impedir a natural transferência de votos de Lula para Haddad, que seria a reação natural dos eleitores, diante da violência institucional que vem sendo cometida por setores do Poder Judiciário. A derrota do PT, que promete regular os meios de comunicação, interessa sobretudo à Globo e também às petroleiras internacionais, que estão levando de bandeja o pré-sal.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: