Lunáticos: O “Bolsonovo” na Paraíba quer o “agrotanque” de guerra

Fernando Brito, via Tijolaço em 25/8/2018

Um amigo envia-me a propaganda de um dos candidatos do Partido Novo que, a julgar pelas posses de seu candidato a presidente, João Amoedo, talvez leve a confusões sobre a sigla PN referir-se a Perdido dos Nababos.

É a de um sujeito de Campina Grande, um tal Diego Dussol, cognome de Diego Erick Aires Miranda, que apresenta propostas semelhantes a de seu chefe – “privatizar tudo, exceto Polícia e Justiça” – talvez porque ambas já pertençam aos ricos, para quê gastar dinheiro? – e uma novidade que vai além da promessa de Jair Bolsonaro de liberar o porte de fuzis para fazendeiros.

“Fazendeiros e agricultores poderão adquirir um tanque de guerra”, promete o lourinho.

Imagine, que maravilha os barracões dos colonos sendo esmagados pelas lagartas dos blindados. Ou que delícia andar pelas ruas das cidades do interior paulista e ver os agroboys desfilando nos seus M1-Abrams norte-americanos ou em Leopards alemães!

Só recomendo cuidado a algum adepto da moda que achar um T-72 em bom estado e a preço de ocasião.

Como é um tanque russo, pode ser que os rapazes reconheçam e, aos gritos de “é comunista, é comunista”, abram fogo sobre ele.

A blindagem é resistente, mas não se sabe se resiste a loucuras deste calibre.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: