Ibope: Lula ganha em 17 estados contra dois de Bolsonaro

Via Jornal GGN em 27/8/2018

As maiores intenções de votos atingidas por Lula em um estado brasileiro é quase o dobro da maior pontuação atingida por Jair Bolsonaro em estados. Ao mesmo tempo, o estado que menos vota em Lula chega a empatar com o candidato adversário.

É o que mostrou o cruzamento dos dados do Ibope, realizados em todas em regiões do Brasil, desde o dia 13 a 24 de agosto. Apenas Minas Gerais ficou fora desse balanço, pela falta de divulgação da pesquisa neste estado.

Ainda assim, os números revelam que a diferença de votos do primeiro para o segundo colocado nas eleições presidenciais 2018 é grande: o candidato do PT tem as maiores intenções de votos no estado do Piauí: 65%, índice que é quase o dobro da maior pontuação atingida por Jair Bolsonaro (PSL) em um estado: 38% em Roraima.

Da mesma forma, o menor índice alcançado por Lula foi em Santa Catarina, estado que teve 20% das intenções de votos no líder petista e, ao mesmo tempo, foi empate nos índices com Bolsonaro, que também somou 20% entre os catarinenses.

Já o pior resultado obtido pelo candidato da extrema direita foi no Piauí, onde angariou somente 8% das intenções, mesma quantia de outros dois estados do Nordeste: Ceará e Sergipe, ambos com 9%. É menos de um terço dos piores resultados obtidos por Lula em um estado brasileiro.

Ainda, foi justamente no Nordeste onde Lula obteve as maiores pontuações, todos acima de 50%: depois de Piauí (65%), Maranhão (63%), Pernambuco (62%), Paraíba (57%), Ceará (56%), Sergipe (56%), Bahia (55%), Alagoas (53%) e Rio Grande do Norte (53%).

Vitórias: 17 contra 3
Lula vence as intenções de votos em 17 dos 26 estados brasileiros, ou seja, 65% do Brasil, e em diferenças de votos que chegam a 57 pontos percentuais, como é o caso do Piauí, onde Lula teve o melhor índice e Bolsonaro o pior.

Já o candidato do PSL vence de Lula em apenas dois estados (Acre e Roraima) e no Distrito Federal – locais que o ex-presidente perde por uma diferença não superior a 17 pontos percentuais, como é o caso de Roraima, onde Bolsonaro tem o maior índice de 38% das intenções.

Outros estados que não tem influências de redutos do PT ainda marcam o empate de Lula com Bolsonaro: Além de Santa Catarina, que foi o pior resultado de Lula, Espírito Santo, Goiás, Roraima e São Paulo estão dividido entre os dois presidenciáveis.

Outros candidatos e seus territórios
Os números também não são muito favoráveis a outros candidatos: todos eles obtêm os maiores índices em seus estados originários ou próximos. Mas não suficientes para um vitória contra Lula.

Marina Silva tem a maior intenção de votos no Amapá (17%), Ciro Gomes no Ceará (15%), Geraldo Alckmin em São Paulo (12%) e Álvaro Dias no Paraná (22%).

E se o resultado deste último surpreende pela representatividade em seu estado, local onde o candidato do Podemos expõe apoio direto e constante ao juiz da Lava-Jato, Sérgio Moro, e conquista votos muito superiores ao 1% da pesquisa que inclui todo o Brasil, é também o único estado que registra empate entre Álvaro, Bolsonaro e Lula.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: