Pesquisa Ipsos: Alckmin e Ciro lideram rejeição popular

Via Congresso em Foco em 20/8/2018

Alckmin lidera o ranking da desaprovação, com 70% de rejeição, segundo o instituto Ipsos. Em segundo lugar, empatado tecnicamente, aparece Ciro Gomes.

Os principais candidatos à Presidência começam oficialmente a campanha eleitoral desaprovados pela maioria absoluta da população, indica a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, que analisa a opinião dos brasileiros sobre personalidades do mundo político e jurídico.

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) lidera o ranking da desaprovação, com 70% de rejeição. Em segundo lugar, com 65%, aparece o ex-ministro e ex-governador cearense Ciro Gomes (PDT). Como a margem de erro é de três%, os dois estão empatados tecnicamente.

Na sequência vêm Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede), com 61% de desaprovação, Henrique Meirelles (MDB), com 60%, e Fernando Haddad (PT), com 59%. Os quatro estão em empate técnico.

De acordo o Barômetro Político, o ex-presidente Lula, preso e condenado a 12 anos e 1 mês de prisão, melhorou seu desempenho. Segundo o Estadão, ele é aprovado por 47% da população, uma oscilação positiva de dois pontos porcentuais em relação à pesquisa anterior. Já a desaprovação oscilou para baixo, de 53% para 51%. Isso significa que o país está praticamente rachado ao meio em relação ao ex-presidente.

Conforme a pesquisa, a aprovação a Lula é a maior entre as 17 personalidades apresentadas pelo Ipsos aos eleitores. Em segundo lugar aparece o juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação do ex-presidente em primeira instância, com 41%. A seguir estão Marina Silva, com 30%, e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, com 28%.

A situação do ex-presidente ainda depende da Justiça. Em tese, ele está impedido pela Lei da Ficha Limpa de disputar a eleição por ter condenação em 2ª instância. A defesa de Lula, porém, ainda tenta liberar sua candidatura. Vice de Lula, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad é aprovado por apenas 8%. Sua desaprovação é próxima de 60%. De acordo com o Ipsos, que não mede o índice de intenções de voto, a desaprovação do presidente Michel Temer (MDB) segue em patamar elevado: 94%.

***

SABE DE NADA, INOCENTE!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: