Preso ilegalmente e censurado, Lula tem 37,3% e Bolsonaro, 18,8% na pesquisa CNT/MDA

Via Congresso em Foco em 20/8/2018

Preso em Curitiba desde abril, o ex-presidente Lula cresceu e tem 37,5% das intenções de voto na corrida presidencial, segundo pesquisa do instituto MDA encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Em maio, Lula aparecia com 32,4%.

Atrás dele vêm Jair Bolsonaro (PSL), com 18,8% das intenções, e Marina Silva (Rede), com 5,6%. Em maio o deputado tinha 16,7% e a ex-senadora, 7,6%. Agora, em empate técnico com Marina, estão Geraldo Alckmin (PSDB), com 4,9% e Ciro Gomes (PDT), com 4,1%. Álvaro Dias (Podemos), com 2,7%, e Guilherme Boulos (PSOL), com 0,9%, aparecem na sequência.

Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo) têm 0,8%. Cabo Daciolo (Patriota), com 0,4%, Vera Lúcia (PSTU), com 0,3%, João Goulart Filho (PPL), com 1%, e José Maria Eymael (DC), com 0%, completam a lista.

De acordo com a pesquisa, a primeira divulgada desde o registro dos candidatos, 14,3% dos entrevistados demonstram intenção de votar branco ou nulo. Os indecisos somam 8,8%.

Transferência de votos
O levantamento, que não testou um cenário sem a presença de Lula, aferiu o potencial de transferência de votos do ex-presidente. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), seu vice, herdaria 17,3% dos votos do petista. Marina, segundo a CNT/MDA, ficaria com 11,9%. Ciro, com 9,6%; Bolsonaro, com 6,2%; e Alckmin, com 3,7%. Um em cada três eleitores de Lula disse que anulará o voto caso ele não participe da eleição. Já 16,6% informaram não saber em quem votar.

Lula também lidera na pesquisa espontânea, na qual não são apresentados os nomes dos entrevistados. Nessa simulação, ele desponta com 20,7% das intenções de voto. Bolsonaro tem 15,1% e Alckmin, 1,7%. Álvaro Dias tem 1,3%, e Marina, 1,1%. Brancos e nulos têm 18,1% e indecisos alcançam 39%.

Pontos de indefinição
“Em relação às eleições para presidente neste ano, a maioria se mostra com pouco ou nenhum interesse, assim como também conhece pouco ou nada sobre as opções de candidatos. Esses resultados, aliados ao elevado percentual de votos brancos, nulos e de indecisos para os cenários sem o nome do ex-presidente Lula, apontam para uma disputa com grande indefinição e possibilidade de mudanças importantes ao longo do período eleitoral”, diz a conclusão da pesquisa.

“Sem a participação do ex-presidente Lula a eleição está aberta e é importante que a definição dos tribunais sobre a possibilidade de sua candidatura seja feita rapidamente, para que a eleição transcorra com legalidade e normalidade”, ressalta o instituto.

A pesquisa da CNT/MDA está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-09086/2018. Foram feitas 2.002 entrevistas em 137 municípios de 25 unidades da federação entre os dias de 15 e 18 de agosto. A margem de erro é de 2,2%, considerando o nível de confiança de 95%.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: