Mais um “Não vem ao caso”: Alckmin depõe sobre suspeita de receber R$10 milhões em caixa 2

Alckmin sai pelas portas dos fundos para não ser incomodado.

Via Brasil 247 em 15/8/2018

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, prestou depoimento ao Ministério Público de São Paulo na tarde de quarta-feira [15/8] em inquérito em que é investigado por suspeita de ter recebido caixa dois de R$10 milhões nas campanhas eleitorais de 2010 e 2014.

O depoimento durou cerca de uma hora e Alckmin não falou com a imprensa na saída da Promotoria de Patrimônio Público e Social de São Paulo.

O nome de Alckmin aparece nas delações premiadas de três ex-executivos da Odebrecht. De acordo com os delatores, o tucano recebeu R$2 milhões na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes em 2010 e outros R$8,3 milhões quando se reelegeu, em 2014. Os valores não teriam sido declarados na prestação de contas oficial, enviada à Justiça Eleitoral.

Leia também:
Temer assume quem é o candidato de seu governo: “Parece que é o Alckmin, né?”
Promotoria inclui Afif e Márcio França em inquérito que investiga Alckmin no caso Odebrecht
O papel do programa Roda Viva é colocar Alckmin no 2º turno
Alckmin vai seguir os “trilhos” do governo Temer, diz braço direito de FHC
Youssef delata corrupção no Rodoanel de Alckmin e esquenta Lava-Jato em São Paulo

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: