Diretor da PF diz que não vai pedir demissão após polêmica de inquérito de Temer

Via Brasil 247 em 12/8/2018

O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, declarou que não irá pedir demissão após ter dado uma declaração polêmica à Reuters. A afirmação foi feita à Coluna do Estadão no domingo [12/8].

Na entrevista à Reuters, publicada na noite de sexta-feira [9/11], ele indicou que o inquérito contra Michel Temer no caso dos portos deve ser arquivado, pois não haveria provas contra o emedebista. A fala indicou interferência e pressão por parte da diretoria.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso pediu esclarecimentos de Segóvia. Os dois têm uma audiência marcada para o dia 19.

Leia também:
Lava-Jato condenou Lula para tirá-lo da eleição, diz ex-chefe da PF
Algo se move na República da Insânia
Diretor da PF conta como autoridades se uniram para descumprir a ordem judicial para libertar Lula
#JustiçaForaDaLei: Desembargador admite ignorar lei para manter Lula preso

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: