Fernando Haddad: “Não vamos esperar 49 anos para a Globo pedir desculpa a Lula”.

Via Portal oficial do presidente Lula em 7/8/2018

Na manhã de terça-feira [7/8], Fernando Haddad, candidato à vice-presidência na chapa de Lula, concedeu entrevista coletiva aos blogueiros progressistas para falar do Plano Lula de Governo (2019-2022), do qual foi coordenador. Além de falar sobre alguns dos pontos principais das diretrizes do PT para o próximo governo Lula, o ex-prefeito também comentou os absurdos jurídicos que vêm marcando a injusta prisão de Lula, que completa 4 meses na data da coletiva.

“É muito sério o que está acontecendo no Brasil. Um dos maiores líderes mundiais, um dos maiores políticos da história do Brasil está preso mediante um processo que não para em pé e com pesquisas que lhe dá vitória em primeiro turno”, afirmou Haddad, que lembrou que os maiores nomes do direito nacional escreveram artigos dizendo que não há base para a condenação do Lula. O ex-prefeito lembrou que o problema não é provar a inocência de Lula, é a justiça reconhecer sua inocência, e ainda comentou a sensação de angústia de ver Lula preso, citando que o ex-presidente afirma que tudo leva a crer que ele está preso pelo fato de ser candidato.

Haddad ainda destacou o equívoco histórico que a condenação injusta do ex presidente representa. “Outro dia eu estava vendo a Globo relembrando o editorial de 2013 assumindo a responsabilidade pelo apoio ao golpe militar. Mas eles levaram 49 anos para reconhecer isso. Nós vamos esperar 49 anos para reconhecerem o que fizeram com o Lula? Vai ser tarde demais pro Brasil. Nós não temos 49 anos para esperarmos o pedido de desculpa e a gente sabe que eles vão se desculpar”.

Reativar a democracia
Logo no início do encontro, Haddad reafirmou a importância da diversidade e pluralidade de ideias que os blogs representam. “É a primeira vez que um plano do PT vai tratar de duas coisas graves para a democracia no Brasil, que são o acesso ao crédito e o acesso à informação. Tudo se desenvolve com o acesso a terra, a geração de emprego, o acesso ao crédito e o acesso à informação. O presidente Lula quer fazer um novo mandato melhor que os dois primeiros”, completou o candidato a vice-presidência.

Perguntado sobre quais mecanismos o plano de governo apresenta para revogar as medidas antissociais de Temer, Haddad afirmou que o pressuposto é reativar a democracia. “Nós queremos ativar a democracia no Brasil. As pessoas não têm vontade de participar da política e estão sem esperança.”

Lembrando sobre as ações tomadas pelo governo Temer, que entregou o pré-sal para empresas estrangeiras, Haddad falou sobre uma consulta popular sobre o tema: “Nós não vamos consolidar o regime de exploração do pré-sal em um ciclo político. Nós propomos uma consulta popular para definir isso. Nós temos que consultar a população e selar um entendimento sobre isso, sobre como vamos comprar esse passaporte para o futuro com o pré sal”, explicou.

Apesar disso, o candidato afirmou que a prioridade será revogar todas as medidas a partir do primeiro dia de mandato. “Nós mantemos a posição de que temos sim que ter uma constituinte, mas nós precisamos governar imediatamente. A partir do dia 2 o presidente Lula já vai apresentar as medidas para o congresso. No caso da PEC dos gastos, vão querer dizer que a revogação será uma irresponsabilidade fiscal, mas o que se aprovou foi uma irresponsabilidade social e política”.

Participaram do encontro representantes de cerca de dez blogues, entre eles o Nocaute, do jornalista Fernando Morais, a Revista Fórum, o Blog do Nassif, Jornalistas Livres, DCM, Brasil 247, Brasil de Fato e Rede Brasil Atual.

Assista aqui

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: