Após publicar notícia fake sobre Marielle, desembargadora critica OEA e apoia Bolsonaro

Ao todo, a desembargadora Marília de Castro Neves responde a cinco processos no Conselho Nacional de Justiça.

Via Brasil 247 em 6/8/2018

A desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Marília de Castro Neves, que é investigada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em função de manifestações por meio de postagens nas redes sociais, voltou ser alvo de polêmica ao publicar mensagens de apoio ao candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), o que é vetado pela instituição.

Na postagem, Marília diz que o Conselho Interamericano de Direitos Humanos deverá “chupar um parafuso até ele virar prego” por ter determinado a reabertura das investigações sobre a morte do jornalista Vladimir Herzog, em 1975, durante a ditadura militar.

As investigações pelo CNJ contra a desembargadora tiveram início após ela publicar fake News sobre a vereadora fluminense Marielle Franco (PSOL), assassinada juntamente com seu motorista em março deste ano, e por publicar ofensas contra o deputado federal Jean Wyllys e a portadores de síndrome de Down.

As postagens favoráveis a Bolsonaro tivera, início no último dia 30, quando o programa Roda Viva, da TV Cultura, veiculou uma entrevista com o candidato. “Go Bolsonaro Go! Let’s make Brazil great again!” [Vai, Bolsonaro, vai! Vamos fazer o Brasil grande de novo], postou Marília.

Em outra postagem, a magistrada escreveu que Bolsonaro estava “surrando essa cambada de comunas [em referência aos entrevistadores]” além de mostrar “por que é o mito”.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: