Filha de desembargador que livrou Richa de Moro é do PSDB e tem cargo no governo

Moro não quer julgar os tucanos Alckmin e Richa? Por quê?

Euclides Lucas Garcia, via Gazeta do Povo em 1º/8/2018

O desembargador que livrou o ex-governador Beto Richa (PSDB) das mãos do juiz federal Sérgio Moro tem a filha nomeada no governo do Paraná pelo próprio tucano. Ela também é filiada ao PSDB. Na segunda-feira [30/7], Luiz Fernando Wowk Penteado determinou que o inquérito que investiga o suposto pagamento via caixa dois de R$2,5 milhões da Odebrecht a Richa em 2014 seja conduzido sob fiscalização da 177ª Zona Eleitoral de Curitiba, e não da 13ª Vara Federal de Curitiba, na qual atua Moro.

Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR) há cerca de dois meses e desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) desde 2001, Penteado concedeu uma liminar a Richa por considerar que não houve “considerável aprofundamento nas investigações” para justificar a remessa do caso à Justiça Federal. “Não existem, em tese, elementos objetivos de conexão entre os supostos crimes eleitorais cometidos pelo investigado e eventuais delitos de competência da Justiça Comum”, escreveu no despacho.

Penteado afirmou que isso não impede que o caso de Richa seja encaminhado à Justiça Comum caso a investigação encontre elementos que indiquem o cometimento de crime comum. A decisão é liminar e ainda será avaliada pelo Pleno do TRE/PR.

Filha do magistrado, a advogada Camila Witchmichen Penteado, de 34 anos, é filiada ao PSDB de Prudentópolis, no Centro-Sul do estado, desde outubro de 2003, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em novembro do ano passado, conforme o Decreto Estadual 8.246, ela foi nomeada por Richa para ocupar um cargo comissionado no gabinete dele. De imediato, foi designada para atuar no Instituto Ambiental do Paraná (IAP). De acordo com o Portal da Transparência do Executivo estadual, Camila recebe salário bruto de R$7.072,07.

A reportagem não conseguiu contato com a advogada Camila Witchmichen Penteado nem com o desembargador Luiz Fernando Wowk Penteado. Já Richa se manifestou por meio de nota enviada à Gazeta do Povo pela assessoria de imprensa, na qual defendeu a decisão do magistrado.

[…]

***

BETO RICHA MANOBRA PARA NÃO IR PARA A CADEIA, DIZ GLOBO
Via Blog do Esmael em 1º/8/2018

Até a Globo ficou “perplexa” com as manobras do ex-governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, para escapar da cadeia.

A polêmica veio à tona depois que o desembargador Fernando Wowk Penteado, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR), determinou que o inquérito contra o tucano sai da Vara do juiz federal Sérgio Moro e tramite na Justiça Eleitoral.

“Se o processo for só eleitoral, Beto Richa vai responder por caixa dois, que dificilmente manda alguém para a cadeia. Agora se o crime for de corrupção o ex-governador poderá até ser preso”, explicou o repórter Wilson Kirsche numa transmissão ao vivo, na noite de terça-feira [31/7], para o Jornal da Globo.

O ex-governador é acusado de favorecer a Odebrecht na licitação da PR-323 em troca de propina de R$2,5 milhões para a campanha de reeleição de 2014.

O repórter Wilson Kirsche ainda revelou, citando como fonte o site O Antagonista, que a filha do desembargador, Camilia Penteado, é filiada no PSDB desde 2003 e ocupa cargo comissionado do governo do Paraná cujos vencimentos ultrapassam R$7 mil mensais.

O processo contra Beto Richa faz vai-e-vem e passei por varas e tribunais desde abril, quando ele renunciou ao cargo de governador para concorrer ao Senado. Sem foro por prerrogativa de função, o inquérito desceu em um primeiro momento para Moro, mas em seguida o STJ determinou que fosse enviado para a Justiça Eleitoral. Em junho, Moro recebeu de volta o caso e o STJ negou ao tucano julgamento no TRE. Agora, para surpresa geral da Nação, o desembargador da corte eleitoral atropelou o STJ.

O juiz eleitoral Fernando Wowk Penteado é desembargador no TRF4.

Uma resposta to “Filha de desembargador que livrou Richa de Moro é do PSDB e tem cargo no governo”

  1. Aristóteles Barros da Silva Says:

    Tudo farinha do mesmo saco. Damos um pelo outro e não queremos troco! Vade retro!

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: