Palmério Dória: Como o Brasil escapou de virar uma Jacarta

Foto de Sérgio Caldieri.

Palmério Dória em 1º/8/2018

Disse ontem [31/7] aqui que Jair Bolsonaro é acometido da Síndrome do Burnier. E o meu querido Sergio Caldieri mandou a ficha do celerado:

Brigadeiro João Paulo Penido Burnier, assassino de Paul Stuart Angel, filho de Zuzu Angel, e sua companheira Sônia Maria de Moraes, filha do coronel José Luiz Moraes.

Lembrou que o brigadeiro queria transformar o Brasil numa Jacarta, explodindo o gasômetro do Rio, dando início a uma operação para o assassinato em massa de figuras progressistas, como na Indonésia.

Esbarrou na rebeldia do capitão Sérgio de Miranda Carvalho, comandante do ParaSar, que se recusou a cumprir as ordens do facínora.

A ditadura se aprofundaria ainda mais, se não fosse Sérgio Macaco. Chegaríamos a níveis de matança semelhantes ou ainda piores aos alcançados pelas ditaduras chilena e argentinas, instaladas depois.

Sérgio Macaco é um dos mais notáveis heróis brasileiros, mas nunca recebeu as homenagens que merece, apesar da brutal perseguição que sofreu.

Na verdade, existia uma: um viaduto que fica bem em frente ao gasômetro recebeu uma modesta placa com o nome do dele.

Sérgio Caldieri passou por lá justo no dia 13 de dezembro, 41 anos depois da edição do maldito AI-5. E fez uma foto. Passou outra vez por lá. A homenagem havia sido retirada.

É assim que se apagam as memórias das trevas, abrindo de novo caminho para terroristas do calibre de Burnier, que tem em Bolsonoro a sua continuação.

Acima, a foto do Sérgio Caldieri.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: