São Paulo: Sistema Cantareira entra em estado de alerta

Via Jornal GGN em 30/7/2018

O sistema Cantareira, principal reservatório de abastecimento de água da Grande São Paulo, desceu a 39,7% de sua capacidade, e chega a um índice pior do que no período da pré-crise hídrica, em 2013. Os dados são desta segunda, dia 30.

De acordo com os parâmetros da Agência Nacional de Água (ANA), o reservatório saiu da faixa de atenção, aquela em que se opera entre 40% e 60% de sua capacidade total, e entrou em estado de alerta. A partir deste momento, a Sabesp só poderá retirar 27 metros cúbicos por segundo do Cantareira.

Dados da Sabesp apontam que o atual volume do reservatório está bem abaixo do apurado em 2013, quando o sistema registrava 53,6% de sua capacidade ocupada no dia 30 de julho daquele ano.

Especialistas já alertaram sobre o risco de a Grande São Paulo entrar em uma nova crise hídrica, pois que Sabesp e governo de São Paulo nada fizeram para o enfrentamento dos períodos de seca na capital. Neste mês, a pluviometria acumulada no Cantareira foi de apenas 2,1 milímetros de chuva, enquanto a média de julho é de 48 milímetros.

***

ALCKMIN DIZ QUE CRISE DA ÁGUA EM 2014 FOI SUPERADA SEM RACIONAMENTO
Via Folha on-line em 30/7/2018

O pré-candidato a presidente da República, Geraldo Alckmin (PSDB), negou que houve racionamento em São Paulo em 2014, quando ele governava o estado.

A uma plateia de empresários mineiros, em Belo Horizonte, ele disse que a falta de chuvas naquele ano foi grave, mas foi superada sem a necessidade de racionamento.

“Passamos por uma seca muito grande em 2014 que não foi fácil. E não teve racionamento, seguramos a peteca e conseguimos ultrapassar”, disse.

Na época, porém, Alckmin chegou a admitir que não havia necessidade de decretar o racionamento, pois ele já acontecia na prática. Ele afirmou, em janeiro de 2015, que havia uma restrição hídrica por uma determinação da Agência Nacional de Água de reduzir a retirada de água no sistema Cantareira.

[…]

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: