O gigante está acordadíssimo: Pesquisa Ibope mostra que o povo quer Lula para voltar a ser feliz de novo

Via Portal do PT em 28/6/2018

O ex-presidente Lula segue como o candidato preferencial do povo brasileiro à Presidência da República. Preso político, perseguido pela imprensa, o que Lula representa para o Brasil não pode ser apagado. E novamente a pesquisa Ibope confirma o que todas as outras pesquisas trazem há mais de um ano: Lula é o líder no coração do povo e seria eleito ainda no primeiro turno!

O levantamento feito a pedido da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) mostra que Lula tem 33% das intenções de voto, mais que o dobro do segundo colocado, o candidato da ultradireita que tem 15%. Marina Silva aparece com 7% seguida de Ciro Gomes com 4%. O candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, fica com 4%. Os números são referentes à estimulada, com margem de erros de 2%.

Na espontânea Lula também lidera e aparece com 21% das intenções de voto. A despeito daqueles que querem imputar na sociedade a falsa ideia de que ele não pode ser candidato e tentam tirá-lo das pesquisas, o povo o apresenta como seu candidato preferencial. Na espontânea ele parece com dez pontos percentuais a frente do candidato da extrema-direita. Os outros candidatos aparecem com 2% e 1%.

POVO QUER LULA! SEM ELE BRANCOS E NULOS CRESCEM
Sem o candidato do povo no páreo – que será registrado no dia 15 de agosto, a despeito da oposição – brancos e nulos chegam a 33% e outros 8% não sabem em quem votar. Em segundo lugar fica o candidato da extrema-direita com 17% e Marina Silva com 13%.

Lula pode e será candidato pois legalmente ele tem esse direito, uma vez que a Lei da Ficha Limpa permite. Juristas de todo o país, incluindo o subprocurador-geral da República, Nicolao Dino, já atestaram a legalidade de sua candidatura. “Até o momento a possibilidade de pedido de registro da candidatura do ex-presidente Lula é garantida”, afirmou o subprocurador em evento realizado este mês em Curitiba.

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número 02265/2018 e o instituto foi a campo entre os dias 21 e 24 de junho em 128 municípios.

FORÇA FEMININA
A distância entre Lula e o segundo colocado é ainda maior entre as eleitoras. Entre as mulheres, Lula pontua com 35% na sondagem estimulada, enquanto o candidato da extrema-direita patina em 9% e Marina Silva tem 15%. Quando o ex-presidente não é citado, os brancos e nulos delas disparam: 35%, contra 25% no cenário oposto. Também cresce o número de indecisas: de 7% para 10%.

Esses números ilustram uma realidade simples: as mulheres não compram o blábláblá autoritário de quem brada a favor do machismo e homofobia. E nem confiam nas políticas austericidas dos candidatos “pró-mercado”. Mas sim em quem investiu a sério em políticas públicas que melhoram a vida delas, dos filhos e da comunidade.

Cenário com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 33%
Jair Bolsonaro (PSL): 15%
Marina Silva (Rede): 7%
Ciro Gomes (PDT): 4%
Geraldo Alckmin (PSDB): 4%
Álvaro Dias (Podemos): 2%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 1%
Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
Flávio Rocha (PRB): 1%
Levy Fidelix (PRTB): 1%
João Goulart Filho (PPL): 1%
Outro com menos de 1%: 2%
Branco/nulo: 22%
Não sabe/não respondeu: 6%

Cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Jair Bolsonaro (PSL): 17%
Marina Silva (Rede): 13%
Ciro Gomes (PDT): 8%
Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
Álvaro Dias (Podemos): 3%
Fernando Collor de Mello (PTC): 2%
Fernando Haddad (PT): 2%
Flávio Rocha (PRB): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Henrique Meirelles (MDB): 1%
Levy Fidelix (PRTB): 1%
Manuela D’ Ávila (PCdoB): 1%
Rodrigo Maia (DEM): 1%
João Goulart Filho: 1%
Outro com menos de 1%: 1%
Branco/nulo: 33%
Não sabe/não respondeu: 8%

Intenção de voto espontânea (quando não é apresentada uma lista de candidatos)
Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 21%
Jair Bolsonaro (PSL): 11%
Marina Silva (Rede): 2%
Ciro Gomes (PDT): 2%
Álvaro Dias (Podemos): 1%
Geraldo Alckmin (PSDB): 1%
João Amôedo (Novo): 1%
Outro com menos de 1%: 3%
Branco/nulo: 31%
Não sabe/não respondeu: 28%

Rejeição de voto para presidente da República
Fernando Collor de Mello (PTC): 32%
Jair Bolsonaro (PSL): 32%
Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 31%
Geraldo Alckmin (PSDB): 22%
Ciro Gomes (PDT): 18%
Marina Silva (Rede): 18%
Rodrigo Maia (DEM): 13%
Fernando Haddad (PT): 12%
Henrique Meirelles (MDB): 11%
Levy Fidelix (PRTB): 10%
Aldo Rebelo (SD): 9%
Álvaro Dias (Podemos): 9%
Flávio Rocha (PRB): 9%
Guilherme Boulos (PSOL): 9%
João Gourlart Filho (PPL): 9%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 9%
João Amôedo (Novo): 8%
Guilherme Afif: 8%
Paulo Rabello (PSC): 8%
Valéria Monteiro (PMN): 8%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe/não respondeu: 11%

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: