Gestão tucana em São Paulo corta R$874 milhões de corredores de ônibus

Via Folha on-line em 12/6/2018

A Prefeitura de São Paulo determinou na segunda-feira, dia 11/6, mais um corte de recursos na construção de corredores de ônibus na cidade. No total, a gestão João Doria/Bruno Covas (PSDB) já desistiu de gastar R$874 milhões na ampliação e criação de novas pistas especiais exclusivas para ônibus.

A prefeitura argumenta que o valor foi destinado a outros gastos de custeio na cidade.

A última transferência foi feita por meio de um decreto assinado na última segunda-feira pelo prefeito interino Milton Leite (DEM), no valor de R$12 milhões. Os recursos que seriam destinados a corredores de ônibus irão agora para a reforma e readequação do autódromo de Interlagos, na zona sul paulistana. Milton Leite está no comando da prefeitura, enquanto Bruno Covas faz viagem oficial à Europa.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: