O fim de David Koch, o pai da ultradireita norte-americana

Via Jornal GGN em 6/6/2018

Muito doente, David Koch, um dos irmãos bilionários das Indústrias Koch, se afastou dos negócios da família e da política. Ele foi o principal financiador do Tea Party, o movimento de ultradireita que mudou a política norte-americana, influenciou a mídia e se espalhou com as redes sociais, tanto nos Estados Unidos como fora dele. Há suspeitas de que os Koch financiaram grupos de ultradireita que atuaram no Brasil a partir dos movimentos de 2013.

Segundo a revista Forbes, cada irmão tem uma fortuna calculada em US$60 bilhões.

Reportagem do The Washington Post informa que um câncer na próstata, que apareceu há 25 anos, derrubou definitivamente David Koch. Na terça-feira passada, em carta aos funcionários das Indústria Koch, seu irmão Charles anunciou a deterioração rápida da sua saúde.

David foi responsável pela montagem de uma das mais influentes forças políticas dos Estados Unidos, financiada por um clube de bilionários. Essa rede teve influência marcante sobre o Partido Republicano no Congresso e nas legislaturas estaduais.

Apenas em 2018, a rede planeja gastar entre US$300 milhões a US$400 milhões em política, contra US$250 milhões nas eleições de 2016.

O nome é Rede Seminários e congrega 700 afiliados que pagam pelo menos US$100 mil por ano para financiar o jogo político. Os irmãos Koch tratam esse dinheiro como “investimento”, e não doação. E os retornos são amplos.

Segundo The Washington Post, no ano passado, a rede quase que sozinha matou um imposto sobre bens importados, conhecido como imposto de ajuste de fronteira, uma compensação para os cortes nas taxas de impostos corporativas e individuais. Depois, os Americans for Prosperity – nome do movimento – gastaram mais de US$20 milhões para ajudar a aprovar uma mudança fiscal que reduziu os impostos das corporações de 35% para 21%.

Seus investimentos se davam não apenas na política, mas financiando estudos de tendência libertária nas universidades.

Apesar de não terem apoiado a eleição de Donald Trump, os Koch conseguiram emplacar diversos nomes na administração. Além dos cortes de impostos, eles também se beneficiaram das desregulamentações do governo Trump e da nomeação de dezenas de juízes favoráveis ​​aos negócios.

Mesmo assim, nos últimos anos houve uma mudança no movimento. Segundo o jornal, os Koch passaram a entender que a economia e a política são mais complexas do que o mero discurso de redução do Estado. Principalmente quando Trump radicalizou sua estratégia protecionista e isolacionista.

Por meio da Iniciativa Libre aliada e da Freedom Partners, lançou recentemente uma campanha destinada a pressionar os líderes do Congresso a proteger os “sonhadores” – pessoas trazidas para o país ilegalmente quando crianças.

Frank Baxter, um antigo doador de Koch da Califórnia, descreveu a rede de Koch como “evoluindo”. Ele a comparou a um “adolescente” durante os primeiros anos da revolução do Tea Party, quando garantir a maioria republicana era a principal prioridade. “Agora, cresceu e percebeu que a vida é muito mais complexa”, disse ele. “Para realmente atingir nossos objetivos de melhorar a sociedade, há outras coisas que precisamos fazer.”

Os Koch se tornaram também grandes filantropos. De acordo com uma biografia oficial, ele prometeu ou contribuiu com mais de US$1,3 bilhão para ajudar várias causas, incluindo instituições educacionais, artísticas e culturais e organizações de políticas públicas. O dinheiro veio através de presentes pessoais e da Fundação David H. Koch.

Seus representantes dizem que ele forneceu mais de US$300 milhões em apoio beneficente adicional, além dos US$1,3 bilhão, por outras causas – incluindo ajuda às vítimas do furacão Harvey no ano passado.

Leia também:
Lava-Jato: Tudo começou em junho de 2013
Luis Nassif: Como a Globo tornou-se ameaça à soberania nacional

 

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: