MPF vaza dados sobre sogra de Lulinha, mas não diz qual é o crime

Adir Assad.

Via Jornal GGN em 21/5/2018

O Estadão, seguido pelo O Globo, divulgaram no final de semana uma notícia sobre a sogra de Lulinha ter “repassado dinheiro para empresa ligada a operador do petrolão”.

Segundo as reportagens, os dados foram levantados pelo Ministério Público Federal, que fez um pente fino na movimentação financeira da SM Terraplanagem, empresa ligada a Adir Assad e que teria sido usada pelo doleiro para lavar dinheiro de empresas como UTC Engenharia, Delta Construções e Galvão Engenharia, disse O Globo.

De acordo com os jornais, o MPF apontou que, no total, a sogra do filho de Lula e sua empresa Geobase, no total, “repassaram R$252 mil” para a SM.

Nenhum dos dois jornais explicaram qual a intenção do Ministério Público em vazar esse dado. Tampouco informaram se a sogra de Lulinha e a Geobase agora são investigadas e sob qual suspeita.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: