Farra do dinheiro público: Congresso aprova a criação de 231 cargos para a intervenção federal no Rio

Via G1 em 16/5/2018

O Congresso Nacional aprovou o remanejamento de verba do Orçamento para a criação de 231 cargos para o gabinete do interventor federal no Rio de Janeiro e para o Ministério Extraordinário de Segurança Pública. Dos cargos, todos comissionados, 67 deles serão alocados no gabinete do interventor e, os demais, para o ministério.

A decisão foi tomada na noite de terça-feira, dia 15/5, quando parlamentares das duas casas aprovaram a alteração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que garante recursos para o pagamento dos cargos. Entre os deputados federais, 208 votaram a favor e 47 foram contra. Entre os senadores, a votação foi simbólica e favorável ao tema.

A contrapartida para a criação de cargos foi a extinção de vagas no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O custo será de R$43 milhões entre 2018 e 2019.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: