Trensalão: Ex-secretário de Transportes de Dória tem bens bloqueados

Via Jornal GGN em 3/5/2018

Sérgio Avelleda, ex-secretário de Transportes do prefeito de São Paulo e atual pré-candidato a governador, João Dória (PSDB), entrou para a mira de investigações sobre o cartel de trens e metrô em São Paulo. Avelleda, que é o atual chefe de gabinete de Bruno Covas na Prefeitura, teve os bens bloqueados pela Justiça de São Paulo. Ele foi presidente do Metrô entre os anos de 2011 e 2012.

E não somente ele, como também 11 empresas que integram o consórcio responsável pela construção da Linha 5 (Lilás) do Metrô de São Paulo também tiveram seus bens bloqueados. Entre elas, estão as empreiteiras Odebrecht, Andrade Gutierrez, Galvão Engenharia, Mendes Júnior, OAS.

A informação sobre a determinação da juíza Simone Gomes Casoretti foi divulgada pela coluna de Mônica Bergamo. Segundo a publicação, o pedido partiu do promotor de Justiça do Ministério Público Estadual, Marcelo Milani, que solicitou congelar os imóveis ligados a todos os réus do caso, no último dia 20 de abril.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: