Com parlamentarismo, STF consolida o golpe

Laurez Cerqueira em 19/11/2017

O STF alimenta o fascismo, dá mais um naco de medievalismo aos chacais que vociferam diante de obras de arte.

O ministro Alexandre de Morais concedeu autorização para condução coercitiva do curador Gaudêncio Fidélis, da ruidosa exposição QueerMuseu, montada em Porto Alegre.

Na linha de colaboração com o golpe de Estado, Alexandre de Moraes quer dar um outro naco à horda de parlamentares bandidos que fazem parte da base de apoio de Michel Temer.

Vai colocar na pauta do Supremo o parecer dele favorável à aprovação, pelo Congresso Nacional, de Emenda Constitucional que institui o parlamentarismo.

Essa Ação de Inconstitucionalidade da Emenda Constitucional estava dormindo na gaveta do STF há décadas. De uma hora para outra, resolveram pautar. É mais uma ação dos golpistas que pode afastar Lula da disputa eleitoral de 2018.

O plebiscito previsto nas disposições transitórias da Constituição sobre, se o Brasil adotaria o regime presidencialista, parlamentarista, monárquico ou não, já foi realizado.

A ação que será pautada no STF questiona se a mudança do regime de governo para parlamentarismo pode ser feito por meio de Emenda Constitucional, que está pronta no Congresso Nacional.

O povo já foi consultado quando participou do plebiscito e optou pelo regime presidencialista conforme determinava a Constituição, nas disposições transitórias.

No entendimento de uma ala de juristas, a Constituição foi cumprida, a disposição transitória também. Assunto encerrado. Só é possível mudar o regime de governo com a realização de uma nova Constituinte.

Mas, Alexandre de Moraes quer abrir a possibilidade de implantação do regime parlamentarista via Emenda Constitucional Caso isso aconteça, pode ser consolidado o comando do crime organizado no governo do Brasil.

***

NÃO TENDO CANDIDATO À PRESIDÊNCIA, A DIREITA VAI EXTINGUIR O CARGO E IMPLANTAR A CLEPTOCRACIA PARLAMENTARISTA
Nilson Lage, via Esquerda Caviar em 20/11/2017

Não se tendo candidato à Presidência que se preste a liquidar o país e seja aceito pelo povo, extingue-se a Presidência da República, transforma-se o cargo em de mera função decorativa e entrega-se o todo poder à súcia de picaretas, nulidades, corruptos e carreiristas que compõem o Congresso Nacional, eleitos a peso de ouro.

Para isso, há excrecências atuantes no Supremo Tribunal Federal.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: