Meirelles ganhou R$180 milhões em conselho da JBF que, segundo ele, “nunca se reuniu”

Via DCM em 3/11/2017

Da coluna de Lauro Jardim em O Globo
R$180 milhões foi a remuneração total recebida por Henrique Meirelles pelos serviços prestados à holding J&F, de Joesley Batista, entre os anos de 2012 e 2016.

O valor está revelado no perfil de Meirelles, agora candidato assumido à Presidência, publicado na edição da revista Piauí que chega às bancas na segunda-feira.

Na reportagem, assinada por Malu Gaspar, Meirelles diz que o valor “é até muito pequeno”, uma vez que o Banco Original, montado por ele para a família Batista durante esse período, “vale uma fortuna, e que será paga em dez, vinte anos”.

Ainda sobre sua relação com os Batista, a reportagem conta que o ministro, quando foi presidente do conselho de administração da J&F entre 2014 e 2016, assinou atas de reuniões e balanços de final de ano.

Mas, segundo ele, era tudo fake. Disse Meirelles à revista:

– O conselho nunca se reuniu.

***

CONEXÃO DE R$180 MILHÕES ENTRE MEIRELLES E JBS FAZ DÓLAR DISPARAR
Via Brasil 247 em 3/11/2017

Uma reportagem da revista Piauí revela que o ministro Henrique Meirelles recebeu nada menos que R$180 milhões entre 2012 e 2016 e assinou várias atas do conselho de administração da J&F, a holding dos irmãos Joesley e Wesley Batista, atualmente presos.

O caso repercutiu imediatamente no mercado financeiro e foi tema de reportagem da agência Bloomberg. “Dólar mantém alta acompanhando o movimento da moeda no exterior. Também contribui para valorização o desconforto gerado pela notícia de que Henrique Meirelles teria assinado atas do conselho de administração da J&F, segundo reportagem publicada pela revista Piauí. Entre 2014 e 2016, a J&F registrou cinco atas do conselho de administração da holding, na Junta Comercial de São Paulo, que teriam sido assinadas pelo hoje ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, todas elas referentes à aprovação de contas, eleição e renúncia de conselheiros, segundo reportagem da revista Piauí publicada no site”, diz o texto.

Alheio ao escândalo, Meirelles se colocou como presidenciável no fim de semana, embora tenha menos de 1% na mais recente pesquisa Ibope. “Sim, sou presidenciável. As pessoas falam comigo, me procuram, mas ninguém me cobra uma definição. No mundo político, por exemplo, dizem o seguinte: o senhor tem o meu apoio, estou torcendo para isso”, disse o ministro, completando, no entanto, que é “pé no chão” e não fará nada “baseado no entusiasmo”.

Abaixo, reportagem da Agência Brasil sobre a disparada do dólar:

Depois de duas baixas seguidas, a moeda norte-americana teve forte alta nesta sexta-feira [3/11] e fechou acima de R$3,30 pela primeira vez em quatro meses. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$3,307, com alta de R$0,043 (1,32%), na maior cotação desde 4 de julho (R$3,31).

A divisa iniciou o dia próxima da estabilidade. Durante a manhã chegou a operar em baixa, mas reverteu a tendência no início da tarde, após a divulgação de resultados do emprego norte-americano.

Hoje, o Departamento de Trabalho norte-americano anunciou que a taxa de desemprego nos Estados Unidos caiu 0,1 ponto percentual e fechou outubro em 4,1%, no resultado mais baixo em 17 anos. No mês passado, foram criados 261 mil postos de trabalho.

O mercado ainda repercute a nomeação de Jerome Powell para comandar o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) a partir de fevereiro. Responsável pela nomeação, o presidente Donald Trump quebrou uma tradição, ao não reconduzir a atual comandante do Fed, Janet Yellen, para um segundo mandato.

Menos desemprego nos Estados Unidos reforçam a aposta de que o Fed aumentará os juros da maior economia do planeta na próxima reunião. Taxas mais altas nos países desenvolvidos estimulam a fuga de capitais de países emergentes, como o Brasil, o que pressiona o câmbio para cima.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: