Lula diz para Moro também cobrar documentos originais de procuradores e delator

Cíntia Alves, via Jornal GGN em 17/10/2017

Os advogados do ex-presidente Lula decidiram demandar que Sérgio Moro dê tratamento igual à defesa e acusação e solicitaram que os procuradores de Curitiba sejam intimados a apresentar a versão original de vários documentos que estão sob suspeita de falsidade.

A iniciativa ocorreu após Moro determinar que Lula apresente as vias originais dos comprovantes de aluguel que juntou aos autos para atestar que não recebeu vantagens indevidas em processo que envolve a Odebrecht.

No ofício enviado na segunda-feira, dia 16/10, a defesa de Lula pede que “seja determinado ao MPF [Ministério Público Federal] e ao corréu [Marcelo Odebrecht] – delator – que informem se dispõem das vias originais dos documentos aqui contestados, juntados nos eventos 997 e 999, para que essas vias também sejam usadas na realização de prova pericial”.

A defesa reclama que uma série de documentos juntados por Odebrecht e pelos procuradores de Curitiba, às vésperas do interrogatório de Lula (ou seja, dando pouco tempo aos advogados para análise) são cópias entre si, mas com algumas modificações alarmantes. Uma das provas, por exemplo, tem duas versões: uma com apenas uma assinatura, e outra exatamente igual, mas assinada por duas pessoas.

Por conta disso, a defesa quer que Moro determina uma perícia participar para verificar se os documentos foram fraudados. Os advogados alegam que o pente fino que será feito por técnicos de informática nos sistemas de registro de pagamento de propina da Odebrecht não será suficiente para resolver a questão da possível falsidade dos documentos.

“A perícia técnica que será realizada nas supostas cópias dos sistemas operacionais utilizados pelo Grupo Odebrecht – determinada de ofício por este Juízo nos autos da ação penal em referência – não será suficiente para a resolução do presente Incidente”.

“Assim sendo, é necessária a realização de exames grafoscópico e documentoscópico em relação a cada um dos documentos”, […] para “esclarecer, com base na comparação e confronto, dentre outras coisas, conforme os quesitos a serem formulados, se (i) os documentos contestados são os mesmos e (ii) se há uma versão do documento com apenas uma assinatura e outro com duas assinaturas”.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: