Presos na Papuda, Geddel ameaça matar delator da JBS e ouve: “Cala boca, gordo”.

O operador Lúcio Funaro, o executivo da JBS Ricardo Saud e Geddel.

Via Yahoo em 5/10/2017

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, o operador Lúcio Funaro e o executivo da JBS Ricardo Saud vêm trocando provocações no presídio da Papuda, em Brasília, onde estão recolhidos.

De acordo com relatos do jornal O Estado de S.Paulo, Funaro espera o fim do banho de sol e antes de voltar para a cela grita: ‘Saud, vou te matar”.

Em seguida, Geddel reforça a ameaça: “Saud, também vou te matar”. Segundo o jornal, Saud devolve as provocações apenas para Geddel: “Cala boca, seu gordo!”

Segundo o jornal, os três ficam em locais separados do presídio e não se encontram no banho de sol justamente para evitar confrontos.

Uma resposta to “Presos na Papuda, Geddel ameaça matar delator da JBS e ouve: “Cala boca, gordo”.”

  1. heloizahelenapiasblog Says:

    será o crime do ano, o gente n deixe acontecer, estes desgraçados devem pagar muto pelo q fizeram.
    ________________________________

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: