Perseguição: Ação policial contra família de Lula é agressão à democracia

As agressões a Lula e seus familiares atingem a todos os brasileiros e, cada vez mais, reforçam a disposição do povo, dos trabalhadores em defender a democracia, os direitos sociais e o Brasil.

Via PT no Senado em 10/10/2017

Em nota oficial, o líder da Bancada do PT no Senado Federal denunciou a nova ação de perseguição ao presidente Lula e seus familiares e cobrou do governo de São Paulo uma ampla apuração dos fatos e das responsabilidades na criminosa operação.

NOTA OFICIAL
Ação policial contra Lula é agressão à democracia

A busca e apreensão na casa de Marcos Lula da Silva, filho do ex-presidente, pela Policia Civil de São Paulo, a partir de uma denúncia anônima, ultrapassou todos os limites da convivência democrática.

A utilização discricionária de instituições públicas, policiais em particular, para promover ações de perseguição como essa verificada hoje é uma grave ameaça de retorno aos tempos da repressão política.

O Governo de São Paulo não pode se furtar de promover uma ampla apuração dos fatos e responsabilidades relacionadas a essa operação irresponsável, sob pena de estimular iniciativas semelhantes.

As agressões a Lula e seus familiares atingem a todos os brasileiros e, cada vez mais, reforçam a disposição do povo, dos trabalhadores em defender a democracia, os direitos sociais e o Brasil.

Lindbergh Farias, líder da bancada do PT no Senado Federal

***

DENÚNCIA DE “CONSUMO DE DROGAS” LEVA POLÍCIA A FAZER BUSCA E APREENSÃO NA CASA DE FILHO DE LULA
Uma denúncia anônima levou a polícia até a casa do filho de Lula que mora em Paulínia (SP) para apurar “consumo de drogas”, mas os policiais foram embora pois nada foi encontrado.
Via Revista Fórum em 10/10/2017

A Polícia Civil realizou, na tarde de terça-feira, dia 10/10, uma operação de busca e apreensão na casa de Marcos Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, na cidade de Paulínia (SP), para apurar “consumo de drogas”, que sequer é crime pela legislação.

De acordo com a jornalista Mônica Bergamo, a operação se baseou em uma denúncia anônima.

Sem encontrar nada na residência, no entanto, os policiais foram embora.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: