Com aval de Moro, imóveis do doleiro Youssef são vendidos por uma pechincha

Via Jornal GGN em 20/9/2017

O juiz Sérgio Moro autorizou o leilão de bens do doleiro Alberto Youssef, um dos primeiros presos e delatores da operação Lava-Jato. Os imóveis confiscados podem ser adquiridos por preços que são uma verdadeira “pechincha”, apontou o Estadão, como oito lotes com 1% do imóvel comercial Connect Smart Hotel, localizado em Salvador (BA). Os lances iniciais são de R$83,6 mil. Apartamentos do Hotel San Diego Express Aparecida, localizado em Aparecida (SP), podem ser arrematados a preços iniciais de R$120 mil cada.

As ofertas estão disponíveis até o dia 16 de outubro no site do Canal Judicial pelo leiloeiro Afonso Marangoni. O pregão pode ser conferido no site Canal Judicial, do Grupo Superbid, maior plataforma de leilões online da América Latina.

Youssef foi alvo de dezenas de processos por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Ele devolveu R$55 milhões em favor da Petrobras, em troca de um pacto com o Ministério Público Federal para ficar em prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica, em dezembro de 2016.

Os comentários sem assinatura não serão publicados.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: